Mais
×

Qual é o estabilizador certo para um forno micro-ondas?

Atualizado em 20 março, 2018

Os eletrodomésticos, como o micro-ondas, podem às vezes ser vítima dos picos de energia. Eles são breves, mas poderosos e podem causar danos irreparáveis ​​nos equipamentos. Durante os picos de energia, o micro-ondas também fica vulnerável a ataques repetidos, que podem lentamente destruir seus circuitos elétricos ao longo do tempo. Utilizar um estabilizador correto ajuda a prolongar a vida útil do aparelho e a minimizar o impacto de uma variação inesperada na energia elétrica.

Certifique-se de que o estabilizador atenda às normas do Inmetro para lidar com o excesso de voltagem (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Função

Tempestades, raios e cortes de energia repentinas são as causas de um pico de energia. Quando o micro-ondas é desligado bruscamente, a voltagem que estava sendo consumida é transferida para outro dispositivo ou local. Os estabilizadores protegem os dispositivos eletrônicos e eletrodomésticos conectados nele, caso a tensão ultrapasse o nível máximo de 169 volts. Ele suprime a voltagem para níveis normais de modo que o equipamento fique protegido.

Tipos

A função do sistema de entrada do estabilizador é ser usada como uma primeira camada de defesa para os primeiros picos e reduzir a voltagem antes que ela atinja o micro-ondas e os demais equipamentos sensíveis. Esses estabilizadores geralmente são instalados em medidores ou painéis elétricos em cabos de picos de até 20.000 volts. No entanto, compre condicionadores de energia para proteger os eletrodomésticos individuais, tais como micro-ondas, contra os picos internos. Esses dispositivos são conectados em uma tomadas de parede e gerenciam os picos de até 6.000 volts. Os condicionadores de energia podem ter a forma de um adaptador de tomada ou uma régua com várias entradas, sendo que alguns deles possuem luzes ou alarmes que indicam a necessidade de substituição.

Considerações

Os estabilizadores para micro-ondas devem estar na lista do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INmetro). Isso garante a capacidade do dispositivo de lidar com o pico de energia de voltagem de 6000 e reduzi-la a níveis entre 330V e 400V. Ele também deve ter um fusível interno que interrompe o circuito, impedindo que o aumento atinja e danifique outros eletrodomésticos e eletrônicos. Além disso, escolha os fabricantes que dão uma garantia, caso o supressor apresente um mal funcionamento. Desde que você tenha uma prova de que o estabilizador adquirido não desempenhou corretamente sua função, o fabricante dele deverá cobrir com as despesas de substituição ou reparo do micro-ondas.

Especialistas

Comprar um estabilizador muito barato, pode não ser uma ideia de economia se seu micro-ondas tiver propriedades baixas, informa o escritor Alan J. Kearney do "This Old House". Os custo do estabilizador podem variar entre R$ 50,00 e R$ 360,00 e se o valor de seu micro-ondas for inferior, será mais prático substituí-lo do que comprar um estabilizador de alta proteção. Caso decida comprar um, verifique se a saída se vincula ao sistema de aterramento. Isto assegurará que o estabilizador possa desviar o excesso de voltagem para o chão, ao invés de outros aparelhos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article