Estilos de tranças pixie ou entrançamento de cabelo africano

Escrito por filonia lechat | Traduzido por edeburges maria mello de souza edeburges
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estilos de tranças pixie ou entrançamento de cabelo africano
Cabelo trançado é um popular estilo africano (beautiful Asian girl with braids image by Gina Smith from Fotolia.com)

Os cabelos dos povos africanos vão muito além de uma simples cobertura para a cabeça. Eles remontam ao século XV, onde os cabelos representavam a idade de uma pessoa, estado civil, riqueza, posição e até mesmo religião. No Senegal, apenas um único fio de cabelo é considerado capaz de lançar feitiços e causar danos, chegando a atingir um status divino, uma vez que é a parte mais elevada do corpo. Com tanta atenção voltada para os cabelos, os africanos criaram diversas maneiras de usá-lo, resultando em vários estilos com longas tranças intricadas.

Outras pessoas estão lendo

Trancinhas

Umas das formas mais comuns e conhecidas de estilos de tranças africanas são as fileiras de milho, também conhecidas como tranças planas ou tranças de trilha. Elas são criadas através de divisões do cabelo em pequenas seções, criando as tranças. Assim que as tranças estiverem no lugar, é possível ver o couro cabeludo do início de onde o cabelo foi puxado. O site Cornrows afirma que o estilo da trança originou-se na África, porém, tem laços com a Grécia antiga, sendo visto também em antigas moedas romanas representado por mulheres celtas ostentando suas tranças. Fazer essas trancinhas não é um processo simples nem rápido, em cabelos médios pode-se demorar entre 4 a 8 horas. Um dos benefícios desse estilo é sua durabilidade, podendo durar até seis semanas. Mesmo depois dos cabelos serem molhados, as trancinhas mantêm sua forma, e um pouco de xampu mantém tudo limpo.

Mini torções

Para conseguir fazer uma trança africana, faça uma coleção de pequenos espirais chamados mini-torções em seu cabelo. Assim como as tranças, as mini-torções são pequenas divisões no cabelo, de pequenos grupos, sendo cada uma trabalhada individualmente. Para fazer a torção, coloque um pouco de manteiga de cacau ou óleo nas palmas de suas mãos, passe na torção e rode como um pião ou bobina. Ao contrário das trancinhas, as torções não puxam o couro cabeludo, não permitindo a visualização dele. As torções podem ser finas ou grossas, quanto mais fina for a torção, mais demorará o processo. Ao contrário da trança, os adeptos das mini-torções criam seus próprios estilos. O único ponto negativo das torções é que, no fim do processo, seus braços ficam doloridos. As mini-torções podem durar até duas semanas. Utilize uma fronha de cetim quando for dormir, pois ajudará a manter a forma e evita o frizz.

Tranças Pixie

As tranças pixie, mechas finas de cabelo trançado, parecem semelhantes ao estilo fila de milho. No entanto, elas têm uma diferença instantaneamente reconhecível, os fundos / extremidades da curva de cabelo para enquadrar o rosto do usuário. Isto dá ao estilo uma aparência de um corte bob da década de cinquenta, tornando quase uma forma de coração em torno do rosto. O cabelo assume o estilo curvado a partir de um processo de queima leve depois de ser entrançado. A trança pixie pode ser feita em qualquer tipo de cabelo ou qualquer comprimento, porque o cabelo sintético é enrolado no cabelo natural (com uma cor correspondente). O site The Natural Hair Journey aconselha manter tranças pixie por no máximo dois meses e meio para garantir a limpeza adequada do couro cabeludo e para dar ao cabelo natural uma pausa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível