Estímulo vestibular e autismo

Escrito por alinda quinn ford | Traduzido por fernando telles
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estímulo vestibular e autismo
Além dos cinco sentidos conhecidos, os seres humanos dispõem de mais três outros (Stop to smell the flowers image by TLBachner from Fotolia.com)

A maioria das pessoas está familiarizada com os cinco sentidos humanos: paladar, tato, olfato, visão e audição. Há também os sentidos menos conhecidos, que são: tátil, proprioceptivo e vestibular. A autora e educadora Carol Stock Kranowits, M.A, define o processamento sensorial como os métodos pelos quais o cérebro percebe e organiza as informações que recebe de nossos corpos através de nossos sentidos.

Outras pessoas estão lendo

Prevalência do autismo

De acordo com os Centro de Controle e Prevenção de Doenças (Centers for Disease Control and Prevention - CDC), a ocorrência de distúrbios do espectro do autismo tem crescido a uma média de uma a cada 110 crianças.

Estímulo vestibular e autismo
Uma em cada 110 crianças tem autismo (Group of kids on an abstract yellow background image by dip from Fotolia.com)

Características do autismo

A Sociedade Americana de Autismo (ASA) define o autismo como uma desordem que atinge cada criança de forma única, mas que afeta principalmente as habilidades de comunicação/linguagem, habilidades sociais, padrões de comportamento e de processamento sensorial.

Sentido vestibular

O sentido vestibular permite que o cérebro processe o movimento, o equilíbrio e a gravidade do corpo. Esse sentido é muitas vezes comprometido em indivíduos com autismo.

Estímulo vestibular e autismo
O sentido vestibular processa os movimentos do corpo (jeux d'enfant image by Magalice from Fotolia.com)

Perturbação vestibular

De acordo com Kranowitz, as perturbações vestibulares podem se expressar de várias maneiras: intolerância ou desejos de movimento, problemas de equilíbrio, tônus ​​muscular pobre e dificuldades de processamento linguístico ou visual.

Estímulo vestibular

O sentido vestibular é o nosso sentido mais primitivo, diz Kranowitz, e os pais podem oferecer atividades de estimulo a ele, como girar, balançar e pular. No entanto, a autora e educadora aconselha que esse processo seja feito lentamente, além de ressaltar a importância de se procurar ajuda de um terapeuta ocupacional treinado em integração sensorial.

Estímulo vestibular e autismo
A terapia ocupacional pode ajudar (massage therapist at work image by MAXFX from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível