Mais
×

Estímulo vestibular e autismo

Atualizado em 18 julho, 2017

A maioria das pessoas está familiarizada com os cinco sentidos humanos: paladar, tato, olfato, visão e audição. Há também os sentidos menos conhecidos, que são: tátil, proprioceptivo e vestibular. A autora e educadora Carol Stock Kranowits, M.A, define o processamento sensorial como os métodos pelos quais o cérebro percebe e organiza as informações que recebe de nossos corpos através de nossos sentidos.

Além dos cinco sentidos conhecidos, os seres humanos dispõem de mais três outros (Stop to smell the flowers image by TLBachner from Fotolia.com)

Prevalência do autismo

De acordo com os Centro de Controle e Prevenção de Doenças (Centers for Disease Control and Prevention - CDC), a ocorrência de distúrbios do espectro do autismo tem crescido a uma média de uma a cada 110 crianças.

Uma em cada 110 crianças tem autismo (Group of kids on an abstract yellow background image by dip from Fotolia.com)

Características do autismo

A Sociedade Americana de Autismo (ASA) define o autismo como uma desordem que atinge cada criança de forma única, mas que afeta principalmente as habilidades de comunicação/linguagem, habilidades sociais, padrões de comportamento e de processamento sensorial.

Sentido vestibular

O sentido vestibular permite que o cérebro processe o movimento, o equilíbrio e a gravidade do corpo. Esse sentido é muitas vezes comprometido em indivíduos com autismo.

O sentido vestibular processa os movimentos do corpo (jeux d'enfant image by Magalice from Fotolia.com)

Perturbação vestibular

De acordo com Kranowitz, as perturbações vestibulares podem se expressar de várias maneiras: intolerância ou desejos de movimento, problemas de equilíbrio, tônus ​​muscular pobre e dificuldades de processamento linguístico ou visual.

Estímulo vestibular

O sentido vestibular é o nosso sentido mais primitivo, diz Kranowitz, e os pais podem oferecer atividades de estimulo a ele, como girar, balançar e pular. No entanto, a autora e educadora aconselha que esse processo seja feito lentamente, além de ressaltar a importância de se procurar ajuda de um terapeuta ocupacional treinado em integração sensorial.

A terapia ocupacional pode ajudar (massage therapist at work image by MAXFX from Fotolia.com)
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article