Exercícios simples para curar permanentemente sua DTM

Escrito por elaine anderson | Traduzido por william ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios simples para curar permanentemente sua DTM
Exercícios DTM (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

Disfunção temporomandíbular (DTM) é um distúrbio da mandíbula envolvendo os músculos que controlam seus movimentos. A articulação temporomandíbular é uma das articulações mais complexas do corpo e distúrbios surgem quando há um desequilíbrio na movimentação do crânio e a mandíbula, com os músculos que a movem. No entanto, vários exercícios simples podem fortalecê-los, aliviando a dor e o desconforto.

Outras pessoas estão lendo

Possíveis causas e sintomas de distúrbios da DTM

Transtornos da articulação temporomandibular são, muitas vezes, referidos como "DTM", embora este termo seja usado apenas para as articulações da mandíbula. Os distúrbios podem ser causados por trabalho ortodôntico, trauma facial ou incidentes mais sutis, como apertar ou ranger os dentes. Mesmo o simples fato de segurar o telefone entre o ombro e a cabeça pode desencadear sintomas de DTM, que podem incluir: sons de estalos ao abrir ou fechar a boca, limitação do movimento ou travamento da mandíbula, e dor no maxilar, rosto ou pescoço.

Exercício 1

Morda e olhe, no espelho, a posição dos dentes incisivos centrais sobre o maxilar inferior. Abra a boca lentamente, tentando manter o maxilar inferior centralizado. Repita 10 vezes.

Exercício 2

Encaixe a palma da mão sob o queixo e abra a boca lentamente. Proporcione uma pequena resistência à abertura da boca. Repita 10 vezes.

Exercício 3

Abra a boca cerca de 2,5 cm. Mova o maxilar inferior, o máximo que puder para a direita e depois para a esquerda, de maneira que seja confortável fazê-lo sem precisar abrir mais a boca. Repita 10 vezes para cada lado.

Exercício 4

Feche suavemente os dentes, uns contra os outros, e coloque a ponta da língua no céu da boca, bem atrás dos dentes dianteiros. Mantenha-os fechados e leve a ponta da língua para trás, ao longo do céu da boca, até chegar na parte mole (palato mole). Abra a boca lentamente e mantenha a língua no palato. Pare de abrir quando a língua deixar de tocar o céu da boca, ou se sintir alguma dor ou ouvir estalos. Mantenha esta posição por alguns segundos e depois relaxe. Repita uma ou duas vezes por dia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível