Experimentos com peróxido de hidrogênio

Escrito por mary margaret peralta | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Experimentos com peróxido de hidrogênio
O peróxido de hidrogênio pode ser facilmente decomposto em água e oxigênio usando vários catalizadores (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O peróxido de hidrogênio apresenta composição semelhante à da água, mas possui um átomo de oxigênio a mais. Ele é muito usado diariamente, como aditivo de produtos de limpeza e desinfetante. O peróxido, quando misturado a outros produtos, pode gerar reações químicas visíveis. Vários experimentos usando esse composto envolvem sua decomposição em água e oxigênio, usando catalizadores para acelerar a reação - enquanto outros evidenciam a presença do oxigênio.

Outras pessoas estão lendo

Peróxido de hidrogênio e fermento

O peróxido de hidrogênio é instável, sendo facilmente decomposto em oxigênio e água. Neste experimento, fermento será adicionado ao peróxido acelerando seu processo de decomposição, que é normalmente lento. Esse experimento pode ser feito em uma pia em casa. Você vai precisar de uma garrafa de refrigerante vazia, água oxigenada 10 volumes comprada em um mercado, um pacote de fermento ativo, detergente e água morna. Misture cerca de 80 ml de água oxigenada com um pouco de detergente na garrafa de refrigerante. Deixe de lado e misture o fermento em água morna, e deixe a mistura descansar por em torno de 5 minutos. Coloque a mistura de fermento na garrafa de refrigerante. O gás oxigênio é produzido e a adição de detergente gera espuma.

Peróxido de hidroênio e alvejante

A mistura de peróxido com alvejante gera oxigênio, cloreto de sódio (sal de cozinha) e água. O alvejante deve conter hipoclorito de sódio para que o experimento funcione. As soluções não precisam estar concentradas para que a reação seja rápida. Será preciso água oxigenada 10 volumes, uma solução de alvejante a 6 % e um béquer. Coloque 40 ml de alvejante no béquer e a mesma quantidade em água oxigenada. Depois de misturados, a reação ocorrerá rapidamente, gerando borbulhamento.

Peróxido de hidrogênio e dióxido de manganês

Usando o dióxido de manganês como catalizador, o peróxido vai se decompor rapidamente, podendo gerar bolhas visíveis. Esse experimento deveria ser realizado em uma sala de aula ou em uma instalação apropriada. Coloque uma pequena quantidade do dióxido de manganês em um béquer e adicione cerca de 20 ml de água oxigenada 10 volumes. Uma vez feita a mistura, irá ocorrer uma reação exotérmica, na qual um pouco da água irá evaporar. O oxigênio será perceptível, pois estará misturado ao vapor.

Peróxido de hidrogênio e dióxido de enxofre

Nesse experimento não ocorre a decomposição do peróxido, apenas será demonstrado que ele é formado parcialmente por oxigênio. Uma rosa será exposta a dióxido de enxofre e depois mergulhada em peróxido de hidrogênio. Serão necessários dois copos, uma rosa com caule curto, fita, papel alumínio, enxofre e peróxido. Prenda a rosa ao fundo de um copo com a fita e coloque um pouco de enxofre sobre um pedaço de papel alumínio. Coloque fogo no enxofre - vire o copo com a rosa sobre o enxofre fumegante. A rosa estará exposta ao dióxido de enxofre, o que tornará as pétalas brancas devido à interação do gás com o oxigênio presente na parte pigmentada dela. Tire a rosa do copo e mergulhe-a em um copo cheio até a metade com peróxido. Ele vai restaurar a cor das pétalas cedendo oxigênio a elas.

Advertências

Lembre-se de usar óculos de proteção quando realizar qualquer um desses experimentos, seja em casa, em sala de aula ou em um laboratório. Se o peróxido entrar em contato com os olhos, pode causar ferimentos ou até cegueira. Procure ajuda médica em caso de acidentes. Não se esqueça de usar um avental e roupas que protejam a pele. De acordo com a página da "Agency for Toxic Substances and Disease Registry", o peróxido de hidrogênio pode causar irritação da pele - podem ocorrer queimaduras com bolhas no caso de exposição a soluções concentradas. Em caso de contato com a substância, lave a área afetada com água em abundância.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível