Formação para professores de educação especial

Escrito por charlie higgins | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Formação para professores de educação especial
Alunos com deficiência físifa ou mental precisam de cuidados e atenção especial. (education is a game image by msdnv from Fotolia.com)

Professores de educação especial trabalham com estudantes com deficiências físicas e mentais que requerem cuidado e conhecimentos especiais. Enquanto muitos professores de educação especial trabalham com estudantes com deficiências graves, a maioria lida com crianças que possuem as leves e moderadas. Eles usam suas habilidades para ajudar esses estudantes a aprender a lidar com suas deficiências, aprimorar sua experiência de aprendizagem e desenvolver confiança. Tornar-se um professor de educação especial requer certo treinamento, além da formação padrão de professor.

Outras pessoas estão lendo

Educação formal

Professores de educação especial, geralmente, precisam de, pelo menos, um diploma de barachelado para iniciar a carreira nessa área. Muitas faculdades e universidades oferecem programas de bacharelado, especialmente para professores de educação especial. Esses programas, normalmente, levam quatro anos para conclusão, entretanto programas de cinco anos também são comuns. Programas de educação especial incluem cursos de educação comum, assim como aqueles especialmente elaborados para professores de educação especial. O curso típico inclui aulas de psicologia infantil e do desenvolvimento, gestão de sala de aula, sociologia, educação física, problemas de desenvolvimento e métodos pedagógicos. A maioria dos estudantes passam os três primeiros anos do programa assistindo a aulas, enquanto o ultimo ano envolve experiências de ensino supervisionadas sob os cuidados de um professor de educação especial certificado.

Licenciatura

Todos professores de educação especial que trabalham em escolas publicas devem ser licenciados para trabalhar no país onde estudaram, e muitas escolas particulares também pedem isso. O requerimento da licenciatura do professor varia consideravelmente de estado para estado. Alguns estados pedem um diploma de educação comum e treinamento separado em dificuldades de aprendizagem e distúrbios comportamentais, enquanto outros requerem um diploma específico de educação especial, que pode ser adquirido em dois anos. Os professores podem precisar passar por um exame de licenciamento aprovado pelo estado, dependendo do estado.

Habilidades e qualidades particulares

Professores de educação especial, geralmente, são indivíduos extremamente pacientes e carinhosos, empenhados em ajudar os menos afortunados. Eles trabalham próximos a crianças que podem ter sérias dificuldades em aprender coisas que a maioria das crianças entende facilmente, como leitura ou matemática básica. Eles precisam ser bons ouvintes, com excelentes habilidades de comunicação, tanto na escrita como na fala. Eles devem ser capazes de explicar e ensinar as coisas de várias formas diferentes para ajustar ao modo específico de aprendizagem de uma com deficiência. Criatividade, organização e paixão pelo emprego também são importantes.

Progressão na carreira

Professores de educação especial podem avançar em suas carreiras, ganhando anos de experiência e buscando diplomas avançados como mestrado ou doutorado. Com as credenciais certas, professores de educação especial podem se tornar administradores ou supervisores de programas de educação especial ou escolas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível