Os fósseis e pegadas de dinossauros mais antigos do mundo

Escrito por martin laing | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os fósseis e pegadas de dinossauros mais antigos do mundo
Restos de dinossauros foram descobertos em Alberta, no Canadá (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Ao longo dos anos, as pessoas têm se fascinado pelos dinossauros e pelos eventos que levaram à extinção deles. Graças às técnicas precisas de datação por carbono desenvolvidas pela ciência, agora é possível avaliar a idade de relíquias e outras evidências que sobreviveram da época em que os dinossauros eram a espécie dominante na terra. A descoberta de novos fósseis e pegadas de dinossauros continua até hoje.

Outras pessoas estão lendo

Nova descoberta

Descobertas recentes de fósseis e pegadas de dinossauros indicaram que esses répteis podem ter caminhado sobre o planeta muito mais cedo do que imaginaram os cientistas e paleontologistas, pessoas que estudam a vida pré-histórica. Em 2010, na Polônia, um time de cientistas da Alemanha, Estados Unidos e Polônia, que incluía Stephen L. Brusatte, Grzegorz Niedzwiedzki e Richard J. Butler, encontrou o que eles afirmaram ser "indiscutivelmente, os fósseis mais antigos da linhagem dos dinossauros", e acrescentaram que "as pegadas polonesas indicam uma extensão substancial da breve história dos dinossauros". O relatório foi publicado na revista da Royal Society.

Nova teoria

O achado polonês data do começo do período Triássico, que se estendeu de cerca de 250 a 200 milhões de anos atrás. Os cientistas dizem que as pegadas os levaram a reavaliar a compreensão da origem e evolução dos dinossauros. Isso porque a descoberta sugeriu que os animais tiveram sua origem logo após o que é conhecido como a extinção em massa do Permo-Triássico, e que eles eram pequenas criaturas que caminhavam sobre as quatro patas e possuíam pés com apenas 2,5 a 5 centímetros de comprimento.

Fósseis mais antigos

Anteriormente, em 2001, um grupo de pesquisadores liderados por Andre Wyss, professor de geologia na Universidade da Califórnia, Santa Bárbara, nos Estados Unidos, relatou na revista Science que havia encontrado no norte do Brasil o que seriam, na época, os fósseis mais antigos de dinossauro. Nesse caso, os fósseis foram datados entre 235 e 240 milhões de anos atrás, mas diferem das pegadas encontradas na Polônia. O achado brasileiro aponta para uma criatura que foi descrita como ancestral do Tiranossauro Rex, embora fosse menor. Ela era um carnívoro com aproximadamente 1,8 ou 2 metros de comprimento e dentes afiados.

Dispersão geográfica

Evidências de dinossauros podem ser encontradas por todo o mundo. Assim como as descobertas na Polônia e no Brasil, entre os fósseis mais antigos já encontrados estão alguns de Madagascar, uma ilha grande no oceano Índico, em 1999. Os restos datam da segunda metade do período Triássico e são de dinossauros herbívoros do tamanho de um cão grande. Pensava-se, na época da descoberta, que eram os restos mortais mais antigos já encontrados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível