Como fazer grapa

Escrito por gail cohen | Traduzido por david henrique pires ferraz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer grapa
A fermentação da grapa evolui com o tempo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Uma forma popular para trabalhadores do norte da Itália manterem-se aquecidos ao trabalhar ao ar livre durante o inverno, a preparação da grapa data da Idade Média. Cascas, ramos, sementes e outras partes de frutas são incorporados para criar um licor forte. Diferentemente da delicada produção de vinhos, a fabricação da grapa emprega todas as partes da fruta, de maneira a não desperdiçar nada. A bebida evolui de uma fermentação primitiva e hoje é frequentemente comparada a conhaques e aguardentes francesas ou ao xerez português. Faça sua própria grapa e tire suas próprias conclusões.

Nível de dificuldade:
Moderado

O que você precisa?

  • Fruta madura (a receita indicará a quantidade)
  • Receita de grapa
  • Vasilhame ou câmara de fermentação
  • Equipamento de destilação de mesa
  • Prensa de fruta
  • Aço inoxidável ou barril de carvalho ou tonel
  • Garrafas e rolhas

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre a fruta mais madura que conseguir encontrar, lave-a e corte-a. Coloque os ramos, sementes e casca em um tonel ou panela grande para começar o processo de fermentação. Sele o recipiente. Alguns fabricantes colocam a mistura com a fruta em recipientes de vidro e aceleram o processo colocando-o sob o sol. Conforme a fruta é decomposta, haverá borbulhamento. Você pode interromper a fermentação após uma semana.

  2. 2

    Use uma prensa de fruta, liquidificador, processador de alimentos ou outro tipo de ferramenta para pulverizar a fruta fermentada, obtendo o que os fabricantes de grapa chamam de pomaça. O objetivo aqui é rapidamente remover o oxigênio da mistura, de forma a não perder os preciosos aromas enquanto a mistura é reduzida a uma polpa de fruta.

  3. 3

    Ponha a pomaça espremida no seu alambique e aqueça-a até que o vapor comece a ser emitido. Monitore a temperatura do alambique para não queimar o material e arruinar o sabor da grapa. Não demorará até a grapa começar a se mover através do alambique em direção à câmara de armazenamento final.

  4. 4

    Elimine a primeira grapa que chegar à câmara de armazenamento. Como a maioria dos produtos destilados, o primeiro resultado possui um gosto ruim, porque contém metano. Monitore o restante da grapa conforme ela se move pelo alambique e cozinha. Quando notar que a cor está ficando mais clara, a bebida estará reduzida a resíduos aquosos e você estará chegando ao fim do processo. Descarte o resto da grapa para não diluir o produto final.

  5. 5

    Envelheça a grapa destilada em um barril de aço inoxidável ou panela grande. Se tiver barris de carvalho, sua bebida ficará maravilhosamente saborosa. Sele o recipiente e coloque-o em um local escuro e fresco. A maioria dos comerciantes concordam que seis meses é um tempo de envelhecimento adequado, apesar de alguns sugerirem que você pode provar a grapa após três meses para verificar se já está pronta para consumo.

  6. 6

    Engarrafe a grapa quando estiver satisfeito com o sabor. Alguns comerciantes sugerem filtrar a bebida com um filtro de papel antes de engarrafá-la, mas isso não é uma exigência. Divida sua grapa em garrafas de vidro, sele-as com rolhas e surpreenda seus convidados.

Dicas & Advertências

  • Escolha qualquer tipo de vegetal para produzir sua grapa. Mantenha-se fiel à tradição e use uvas ou escolha outros frutos sazonais. Verifique com gerentes de quitandas locais para obter recomendações. Pergunte se você conseguiria reduções de preço ao comprar a fruta em maiores quantidades.
  • Como todas as experiências de destilaria, você pode precisar preparar a grapa várias vezes e com uma variedade de frutas até dominar o processo e obter um produto final que lhe agrade. Até lá, divirta-se provando suas bebidas.
  • Para produzir sua própria grapa alcoólica, você deve ter pelo menos 18 anos e respeitar restrições de quantidade definidas por governos locais e estaduais para consumidores que fazem sua própria cerveja, vinho e licores em casa. Se produzir mais do que o limite legal, você pode acabar tendo problemas sérios com as autoridades.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível