História da auditoria

Escrito por naima manal | Traduzido por gregory ciannella
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História da auditoria
Auditorias evitam problemas na contabilidade (manos con finanzas image by Gabriel Gonzalez G. from Fotolia.com)

Auditorias são realizadas para gerenciar e confirmar correções de procedimentos da contabilidade de uma empresa. A auditoria evoluiu como uma necessidade dos negócios, uma vez que se tornou evidente que uma forma padronizada de contabilidade deve existir para evitar fraudes. Desenvolveu-se em um campo padronizado, ainda assim complexo, que é considerado como um procedimento importante na gestão de finanças e negócios.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A auditoria é um ramo da gestão financeira preocupado com a avaliação do estado financeiro interno de uma empresa. Auditorias são avaliações da capacidade financeira de uma empresa. As empresas preparam demonstrações financeiras de suas atividades, que representam seu desempenho geral. Essas demonstrações financeiras são avaliadas por auditores, de acordo com os padrões geralmente aceitos da indústria. Eles são examinados com precisão e imparcialidade em relatórios. É esperado que as empresas sejam aprovadas em auditorias, visto que resultados são muito importantes para a reputação e o sucesso delas. Auditorias são muito valiosas para os afiliados externos, como acionistas e investidores, porque fornecem garantia extra da escolha em investimentos quando surgem problemas.

História

A auditoria existia principalmente como um método para manter a contabilidade governamental, tendo a manutenção de registros como seu princípio. Não foi até o advento da Revolução Industrial, de 1750 a 1850, que a auditoria começou sua evolução em um campo de detecção de fraudes e prestação de contas. Empresas se expandiram durante esse período, resultando em aumento de postos de trabalho entre os proprietários para clientes. A gerência foi contratada para operar negócios na ausência dos proprietários, que encontraram uma crescente necessidade de monitorar suas atividades financeiras, para precisão e prevenção de fraudes. No início do século 20, a prática de relatórios de auditores, que envolvia a apresentação de relatórios de suas funções e resultados, foi padronizada como o "Relatório de Auditoria". O aumento na demanda auditores leva ao desenvolvimento do processo de teste. Auditores desenvolveram uma maneira de selecionar casos estrategicamente importantes, como representantes do desempenho geral. Essa foi uma alternativa acessível para examinar cada caso em detalhes, necessitando menos tempo do que a auditoria padrão.

Características

Normas de auditoria diferem entre os Estados Unidos e a Grã-Bretanha. Auditorias americanas continuaram a evoluir, longe de ser apenas um método de detecção de erros e fraudes, enquanto a Grã-Bretanha manteve esta como principal função. Agora, tanto na América quanto na Grã-Bretanha as auditorias são uma maneira padrão de fornecer monitoramento da integridade financeira de uma empresa. Práticas relatoriais justas são usadas para analisar demonstrações financeiras. Auditorias fornecem um retorno (feedback) sobre informações financeiras de uma empresa e análise de qualquer atividade fraudulenta, potencial e real.

Considerações

Testar agora é o padrão da indústria para a realização de auditorias. Somente quando erros grosseiros e atividades fraudulentas são descobertas auditorias detalhadas são realizadas. Auditorias também incorporaram a necessidade de estabelecer medidas preventivas de acompanhamento das atividades financeiras dentro de um negócio, afim de diminuir a necessidade de auditorias frequentes e para fornecer acompanhamentos simplificados, se houver necessidade de uma auditoria surgir. Como os negócios aumentaram em complexidade, a auditoria com base no risco surgiu para gerar mais eficiência e economia do que antes. A auditoria com base no risco avalia a necessidade de uma auditoria, desta, com base nas informações das demonstrações financeiras. Se muitas discrepâncias são descobertas, então, é decidido realizar a auditoria de atividades financeiras.

Significado

A auditoria é agora o método de avaliação das demonstrações financeiras de uma empresa, com uma visão interna sobre o sucesso como companhia. É uma profissão muito tediosa e complicada, que está em alta demanda. Devido à sua taxa competitiva, agora são realizadas de uma forma mais ágil e eficiente. Elas são destinadas a oferecer a empresas correções em suas atividades e aconselhá-las sobre como evitar problemas nos relatórios financeiros futuros.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível