História evolutiva e velocidade das placas de rede

Escrito por bert markgraf Google | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História evolutiva e velocidade das placas de rede
É possível adicionar uma placa de rede na maioria dos PCs (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Mesmo antes que o acesso à internet se tornasse importante, muitas instituições e empresas queriam interligar seus computadores para que os colaboradores pudessem compartilhar informações. A maioria dessas organizações escolheu as redes Ethernet como o tipo de rede mais adequado às suas necessidades. Os fabricantes de peças de computador ofereciam placa de rede de baixo custo, que os técnicos podiam adicionar facilmente a um computador existente, permitindo-lhes o acesso às redes Ethernet. Mais tarde, os internautas instalaram as mesmas placas para obter acesso de alta velocidade à internet através de roteadores conectados à linhas ou cabos telefônicos.

Outras pessoas estão lendo

História da rede

Em 1980, a Xerox utilizou um conceito de rede desenvolvido na Universidade do Havaí para conectar 100 estações de trabalho através de um cabo de 800 m. O novo conceito permitiu que as placas de rede enviassem dados ao acaso, enquanto nenhuma outra placa enviava nada. As placas acompanhavam a rede e enviavam dados, caso elas não detectassem uma transmissão. A iniciativa foi muito bem sucedida e levou ao padrão IEEE802.3 às redes Ethernet, em 1985.

Velocidades

A rede inicial da Xerox funcionava a uma velocidade de 2,94 megabits por segundo (Mbps). Na década de 1980, os usuários da rede consideravam essa velocidade muito maior do que aquela necessária para os seus pequenos compartilhamentos de dados. O padrão 802.3 IEEE definia a velocidade da rede Ethernet em 10 Mbps, novamente considerada muito alta. Em 1995, o aumento dos dados tinha alcançado a capacidade da rede, e a IEEE lançou um novo padrão 802.3u, com a velocidade fixada em 100 Mbps.

Reconhecendo que os requisitos de capacidade da rede estavam no limite, a IEEE começou a trabalhar os próximos padrões imediatamente. Lançou, em 1998, o IEEE 802.3z para a Gigabit Ethernet, ou de 1000 Mbps e, em 2002, o 802.3ae com 10 Gigabit Ethernet.

Formatos

A IBM e alguns dos primeiros fabricantes de computadores pessoais montavam as máquinas com a colocação de uma placa-mãe e uma fonte de alimentação em um gabinete de computador, juntamente com discos, placas de vídeo, placas de som e placas de rede, conforme necessário. Essas placas eram conectadas em expansões de slots da placa-mãe para equipamentos periféricos.

As placas de rede iniciais tinham até 15 cm de comprimento e eram instaladas em grandes slots pretos chamados de ISA. Com o progresso de miniaturização da eletrônica, no início da década de 2000, as placas de rede ficaram muito menores e passaram a usar um slot novo e menor, chamado PCI. Em paralelo, os laptops começaram a usar as placas de rede de formato PCMCIA. Após a data de lançamento delas, a maioria dos fabricantes passou a integrar as funções da placa de rede na placa-mãe de computadores de mesa e portáteis, devido a muitos deles se conectarem a redes sem fio.

Conectores

A compatibilidade com versões anteriores tem servido como guia para os padrões de rede IEEE, o que conduziu à manutenção do conector RJ45 inicial. Ele se parece com uma grande tomada de telefone, mas tem o potencial de transportar oito condutores, em vez de quatro. A partir da sua data de lançamento, todas as placas de rede Ethernet, roteadores, hubs e interruptores de rede passaram a usar esses conectores. Atualmente, a maioria dos computadores tem soquetes correspondentes ao conector acima citado, integrados aos seus gabinetes. A maioria dos laptops ainda tem tais soquetes, porém os pequenos dispositivos de computação móveis geralmente dependem totalmente de conexões sem fio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível