Seis componentes básicos de uma rede de computadores

Escrito por alan hughes | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Seis componentes básicos de uma rede de computadores
Um switch é um dos componentes básicos de uma rede de computadores (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

As redes de computadores se tornaram mais fáceis de se gerenciar com o passar dos anos, e agora você pode montar a sua própria rede doméstica sem muita ajuda. Há vários componentes que podem ser utilizados, mas não todos são necessários em todo tipo de rede. Entender quais componentes estão disponíveis podem ajudá-lo a projetar a rede apropriada para o seu entorno doméstico ou empresarial.

Outras pessoas estão lendo

Interfaces de rede

Todo dispositivo em uma rede deve ter alguma forma de interface, que às vezes é chamada de NIC ("network interface card", placa de interface de rede) e pode estar integrada à placa-mãe de um computador ou separada dela. A NIC é o componente que toma a informação do computador e a envia pelo cabo de rede, ou pelo ar no caso de uma rede sem fio.

Seis componentes básicos de uma rede de computadores
Placa de rede para um computador desktop (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Hubs (concentradores)

Quando você conecta vários computadores em uma rede, eles se comunicam com um dispositivo central, chamado "hub". Esse componente é o responsável de mover o sinal da rede de um cabo para outro. No caso de um "hub" básico, o sinal de um computador é enviado para todos os outros; cada NIC decide se a informação recebida é para ela, e a descarta em caso negativo.

Switches

Os switches são hubs inteligentes, pois podem criar tabelas que lhe permitem saber qual computador está conectado a cada uma das portas. Com essa inteligência, um switch não transmite toda a informação para todos os outros computadores conectados a ele, e sim apenas ao computador destino. A tecnologia de switching ajuda a reduzir a congestão de uma rede e deve ser utilizada em redes de 10 ou mais computadores.

Roteadores

Os roteadores são switches inteligentes, pois são cientes da existência de outras redes (os hubs e switches são cientes apenas da rede à qual servem). Os roteadores são utilizados para conectar uma rede local (LAN) com outra, muitas vezes através de grandes distâncias, usando portadoras de dados comerciais. Os roteadores podem atualizar a informação de encaminhamento automaticamente e detectar quando um caminho para uma rede não funciona e, nesse caso, ele acaba buscando outro caminho disponível.

Meios (cabeamento

Logicamente, nenhum destes dispositivos funcionará se eles não estiverem conectados um com o outro, e isso pode ser feito por vários meios. O mais comum é utilizar cabeamento Ethernet, que é uma de várias categorias de cabeamento de par trançado não blindado (UTP). Quanto mais alta for a categoria do cabo (Cat5, Cat6, Cat7), maior será a largura de banda suportada pelo mesmo. Além disso, existe a fibra óptica, que é mais cara e usa luz laser ou LED ao invés de pulsos elétricos. As redes wireless (sem fio) se tornaram populares nas casas, pois são fáceis e baratas de montar. O meio de transmissão em uma rede sem fio é o ar, através do qual as NICs transmitem sinais de rádio que levam a informação.

Seis componentes básicos de uma rede de computadores
Conector de cabo de rede típico (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Software

O software é a inteligência que permite que todos os componentes funcionem juntos. Os softwares de rede mais populares de hoje usam o que se conhece como suite de protocolos, ou pilha, TCP/IP. A suite é feita de camadas de software, tendo cada uma delas funções definidas. Embora o modelo OSI de 7 camadas (física, enlace , rede, transporte, sessão, apresentação e aplicação) seja o ponto de início das pilhas de rede, o modelo Internet possui 4 (enlace, internet, transporte e aplicação) que combinam as do modelo OSI de uma forma particular. No entanto, ambas pilhas trabalham com as mesmas regras, fazendo que os sistemas de computadores heterogêneos possam comunicar-se uns com os outros, sem importar as diferenças no hardware ou no sistema operacional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível