×
Loading ...

Ideias para coreografia de dança

Atualizado em 17 abril, 2017

Se você gosta de inventar danças sozinho ou imagina uma dança em sua cabeça quando ouve uma música, você pode ter o que é preciso para ser um coreógrafo. Criar uma coreografia pode ser um desafio, especialmente para os novos e inexperientes coreógrafos. Deixe sua criatividade fluir e experimente alguns métodos diferentes para fazer sua dança da melhor forma possível.

Não tenha medo de experimentar os movimento para tornar sua coreografia original (Matthew Lloyd/Getty Images News/Getty Images)

Improvisação

Antes de começar a determinar seus passos, toque a música que você pretende usar e passe alguns minutos improvisando. Não pense demais nos passos, apenas deixe seu corpo mover inteiramente no espaço. A improvisação irá ajudá-lo a mostrar a interpretação que seu cérebro tem da música para o campo físico. Se estiver trabalhando com um grupo de dançarinos, você também pode pedir que eles improvisem com a música para que você possa ter uma ideia de como seus corpos se movem naturalmente e interpretam a composição.

Loading...

Tema

Um bom tema para uma dança moldará sua coreografia e dará uma direção clara. Se estiver fazendo a coreografia para um musical, o roteiro provavelmente oferecerá um tema predeterminado para trabalhar. Se estiver coreografando a dança de forma independente para uma apresentação maior, terá mais liberdade para escolher seu próprio tema com base no que a música faz você sentir. Use um tema emocional específico, como "medo" para orientar os movimentos que você criará. Você também pode escolher um tema físico, como um determinado animal, tipo de pessoa ou um lugar. Uma dança temática em torno de um ambiente de floresta pode incluir movimentos extravagantes ou misteriosos, enquanto que uma dança que tem a cobra como tema seria lúcida e perto do chão.

Contar uma história

Em vez de um tema, ou em acréscimo a ele, sua coreografia pode contar uma história através do movimento. Se sua história for abstrata ou literal atribua um papel ou personagem para cada bailarino interpretar na dança. Dê passos ou fases de movimento único para diferentes dançarinos, porém certifique-se de haver um fio comum que una cada bailarino na peça. Podendo ser uma sequência de movimentos que todo o elenco repete no início e no final da dança, ou um passo que cada bailarino execute por toda a peça.

Formações

Formações dinâmicas de grupo adicionam uma dimensão extra à sua coreografia. Use formações de base, como linhas retas, círculos, triângulos e linhas diagonais. Verifique se está utilizando plenamente todo o espaço, seja criando grandes formações de movimento parado, ou formações menores que passeiem por todo o palco. Se tiver pouco tempo, use mudanças de formação para acelerar o processo de coreografia. Crie 32 contagens de sequências de movimentos e peça para seus dançarinos repeti-los em diferentes formações ao longo da dança. Você também pode usar esta técnica quando estiver trabalhando com dançarinos que não conseguem aprender a coreografia rapidamente.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...