Como identificar sinais de recaída em pacientes com bulimia

Escrito por ehow contributor | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar sinais de recaída em pacientes com bulimia
Identifique sinais de recaída em pacientes com bulimia

A bulimia nervosa, ou simplesmente bulimia, apresenta-se como um distúrbio alimentar que envolve a ingestão de grandes quantidades de alimentos e depois a sua liberação do corpo. No entanto, esta doença é na verdade um sinal de problemas psicológicos mais profundos. Superar a bulimia é um processo de recuperar o controle sobre a própria vida e pode levar anos. Familiares e amigos podem ser essenciais na batalha contra a doença, pois podem procurar por sinais de recaída no paciente. É importante procurar e identificar sinais de recaída em pacientes que tentam esconder suas atividades bulímicas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Identifique os sinais médicos

  1. 1

    Procure por sinais físicos, como unhas e cabelos quebradiços, olhos e cabelos sem brilho, dedos calejados, olhos vermelhos e mudanças de peso inexplicáveis de 2,5 a 4,5 kg.

  2. 2

    Preste atenção a queixas envolvendo insônia, sensação de cansaço e fraqueza e dores de cabeça periódicas.

  3. 3

    Considere a facilidade com que os pacientes se machucam e a lentidão para as contusões cicatrizarem. Se as escoriações médias e pequenas demorarem um mês ou mais para curarem completamente, isso pode ser um sinal de uma recaída.

  4. 4

    Tome nota do aumento de peso, o que pode ocorrer por causa do ganho de água, conforme o corpo tenta reter a água para realizar a homeostase.

  5. 5

    Preste atenção em queixas sobre dores de garganta e músculos do estômago doloridos, sinais que apontam para vômitos.

  6. 6

    Observe tonturas quando os pacientes com bulimia levantarem rapidamente e precisarem segurar em algo para não cair.

    Identifique os sinais psicológicos

  1. 1

    Reconheça os sentimentos de baixa autoestima acompanhados por desejos perfeccionistas.

  2. 2

    Preste atenção em sinais de depressão, mudanças de humor e reações exageradas às situações normais.

  3. 3

    Observe sentimentos de inutilidade na pessoa bulímica durante e após as refeições.

  4. 4

    Preste atenção na desconfiança de elogios feitos por outras pessoas. Por exemplo, se você disse ao paciente que ele está bonito, mas o elogio é ignorado ou desprezado.

    Identifique os sinais comportamentais

  1. 1

    Fique atento quanto a grandes quantidades de alimentos serem consumidos ou estiverem desaparecendo da geladeira ou despensa em curtos períodos de tempo.

  2. 2

    Procure alimentos acumulados no quarto da pessoa bulímica.

  3. 3

    Cuidado com o uso de comprimidos diuréticos, laxantes, jejum e exercício físico excessivo.

  4. 4

    Verifique o histórico no computador do paciente bulímico para ver se ele visita sites que promovam a perda de peso, caso seja um menor sob seus cuidados.

  5. 5

    Mantenha o controle sobre a vida social do paciente, especialmente quando se trata de encontros onde tenha comida envolvida.

  6. 6

    Preste atenção em sons de vômitos, principalmente após as refeições.

Dicas & Advertências

  • Quase todos os pacientes bulímicos sofrem uma recaída na compulsão e purgação durante o processo de superação desse poderoso transtorno alimentar. Incentive o paciente a manter a batalha e a lutar por menos recaídas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível