ISO 22000: gestão de segurança alimentar

Escrito por nathalie gosset | Traduzido por alexandre guerra
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
ISO 22000: gestão de segurança alimentar
O ISO 22000 representa um conjunto de normas que visam a estabelecer práticas de segurança alimentar (Food image by Yvonne Bogdanski from Fotolia.com)

O ISO 22000 representa um conjunto de normas de segurança alimentar publicado pela Organização Internacional de Padronização. Essa organização não governamental, com sede em Genebra, na Suíça, visa a harmonizar os padrões industriais em escala global. O ISO 22000 foi criado em 2005, com o objetivo de orientar a indústria alimentícia na produção, na distribuição e no comércio de alimentos seguros internacionalmente. Ele incentiva a implementação do Sistema de Gestão de Segurança Alimentar (SGSA) dentro das empresas que lidam com a manipulação de alimentos.

Outras pessoas estão lendo

Contexto

O campo industrial gera oportunidades de fornecer estoques de produtos sazonais todos os dias do ano. Os alimentos tornaram-se um meio de propagar doenças, que atravessam fronteiras de países que se acredita terem métodos seguros na manipulação de alimentos. As etapas do processo entre um alimento cru até a finalização de seu preparo, quando os consumidores digerem o produto, englobam fatores em que o alimento pode ser contaminado inadvertidamente.

Padrão necessário

A Organização Mundial de Saúde declarou em 2000 que a segurança alimentar tornou-se uma função essencial na saúde. O Centro de Prevenção e Controle de Doenças estima um panorama preocupante, no qual mais de 75 milhões de norte-americanos ingerem alimentos contaminados por ano, sendo que cinco mil morrem por doenças relacionadas. Algumas das mais recentes preocupações incluem contaminação pela bactéria E. coli no espinafre e infecções de salmonella causadas por pasta de amendoim contaminada.

História

A Companhia Pillsbury foi a fundadora da Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), em 1959, para programas espaciais tripulados, ao produzir alimentos que permaneciam intactos em ambientes de gravidade zero e passavam por controles estritos de bactérias e agentes patogênicos. Durante os anos 1990, os Estados Unidos e países europeus evoluíram os princípios da APPCC e desenvolveram os seus próprios sistemas nacionais de gestão alimentar, auxiliados pela colaboração de entidades não governamentais, como a Associação Nacional de Processamentos Alimentares. O ISO interveio, fornecendo princípios gerais para padronizar os vários sistemas.

Requisitos

O ISO 22000:2005 é a mais recente versão que se aplica a todas as organizações envolvidas na manipulação de alimentos de origem animal ou não, desde os fornecedores iniciais até a distribuição. Os padrões visam metas de segurança documentadas para as organizações, fundamentadas em procedimentos para o recebimento, manuseio, uso de embalagens e distribuição dos produtos. Eles têm como objetivo o treinamento contínuo dos funcionários para assegurar o cumprimento das normas. Além disso, adotam-se verificações frequentes nas etapas de processamento para checar a integridade e a segurança do alimento em cada fase de manipulação. Ações de correção imediatas precisam ser implementadas e todos os grupos responsáveis devem ser informados.

Em conformidade

Uma empresa de acreditação verifica a conformidade com o ISO 22000:2005. Ela contrata inspetores que revisam a produção alimentar e analizam as documentações, os procedimentos e os mecanismos de controle de qualidade. Grande parte da atenção é focada no comprometimento da gestão, aprovando a segurança alimentar por via de alianças com parceiros de negócio. Os examinadores medem o grau de aprovação dos 22000 princípios em todos os níveis de hierarquia. Inspetores escrutinam análise de perigos e medidas preventivas adotas para preservar os alimentos. Ao fim, os inspectores emitem um relatório que indica as áreas comprometidas e as ações de correção recomendadas. Em relatórios aprovados, a empresa de confirmação emite o certificado ISO 22000.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível