Ivermectina para o tratamento de dirofilariose

Escrito por kristen peck | Traduzido por elisa lacerda de freitas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ivermectina para o tratamento de dirofilariose
A ivermectina pode ajudar a tratar a dirofilariose e prevenir infecções (dog image by Kevin McGrath from Fotolia.com)

A ivermectina é um medicamento que pode ser usado para tratar a dirofilariose, além de outras doenças causadas por vermes e parasitas, como ácaros ou piolhos. O tratamento da dirofilariose deve abordar ambas as fases adulta e larval do Dirofilaria immitis, a fim de proporcionar uma cura permanente. Porém, a ivermectina só trata fase larval do verme, embora ela possa encurtar o tempo de vida dos adultos.

Outras pessoas estão lendo

Causa da dirofilariose

Os vermes adultos são parasitas que vivem no coração e nos vasos sanguíneos que ligam o coração aos pulmões. A dirofilariose é transmitida de um animal infectado para outro por meio da transmissão de sangue contaminado através de mosquitos. As larvas se alojam no sangue do animal infectado e são transmitidas a outros animais após uma picada do inseto.

Sintomas

Nas fases iniciais da infecção, os sintomas são difíceis de reconhecer e diagnosticar como dirofilariose. Tosse, diminuição do apetite, perda de peso e falta de energia durante os exercícios podem surgir à medida que a infecção se agravar.

Tratamento com ivermectina

Assim que a doença for diagnosticada, medicamentos com ivermectina podem ser utilizados para matar as larvas alojadas na corrente sanguínea. Esse é um passo importante, mas não a fase final do tratamento da dirofilariose. Embora a ivermectina esterilize e encurte o tempo de vida dos vermes adultos, os parasitas devem ser mortos, o que exige a continuação do tratamento com um veterinário.

Prevenção

Todo cão deve ser tratado uma vez por mês com uma medicação preventiva que contenha ivermectina para impedir a dirofilariose antes que surja uma infecção. Dar a seu animal de estimação esse medicamento por via oral todos os meses, mesmo fora da temporada de mosquitos, é a forma mais eficaz de prevenir a dirofilariose.

Precauções com a ivermectina

Os efeitos colaterais da ivermectina são raros, e apesar de algumas raças, como os Collies e alguns cães pastores, serem mais suscetíveis à toxicidade da ivermectina, o tratamento da dirofilariose requer baixas doses da droga e não é um perigo para essas raças. Siga sempre as instruções de dosagem de seu veterinário ao administrar este medicamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível