O que é uma lesão pediculada?

Escrito por adam cloe | Traduzido por nathalia antunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é uma lesão pediculada?
Lesões na pele podem ser bem preocupantes (skin image by Robert Kelly from Fotolia.com)

As lesões na epiderme e em outros tecidos superficiais são normalmente classificadas com base em suas características. Isto inclui a descrição da forma, se é elevada ou não, e a sua cor. Como há muitas causas que levam a essas lesões pediculadas, que podem ocorrer em várias partes do corpo, as que são diferentes devem ser consideradas de forma diferente também.

Outras pessoas estão lendo

Definição

Uma lesão pediculada é uma ferida pequena ligada ao tecido subjacente por uma haste. Esta haste geralmente contém vasos sanguíneos e outras estruturas de sustentação. A lesão por si só pode ficar inchada, infectada e dolorida.

Causas benignas

Uma de suas causas é o chamado granuloma piogênico. Com ele, um pequeno ferimento na mão pode inflamar, ativando o sistema imunológico. O inchaço resultante e o influxo de células do sistema imunológico preenchem a área. Durante uma a duas semanas, eles aumentam de tamanho, mas logo desaparecem por conta própria.

Outras condições que levam a lesões pediculadas

Outra causa é o crescimento de pólipos. Eles aparecem quando o tecido de uma membrana mucosa cresce de forma anormal. Normalmente, são ligados por uma haste estreita, levando-os a serem chamados de pediculados. Os pólipos podem ser encontrados em qualquer lugar onde haja tecido mucoso, mas são mais preocupantes quando aparecem no cólon, endométrio, nariz e colo do útero.

Potencial cancerígeno

Essas feridas podem se transformar em tumores cancerígenos. Os pólipos são os mais preocupantes, especialmente no cólon, que geralmente são retirados com cirurgia para ajudar a prevenir o câncer. Pólipos cervicais e a polipose familiar hereditária, uma doença genética, também têm grande potencial para evoluírem e se transformarem em câncer.

Tratamento

O tratamento mais simples é a remoção cirúrgica. Em alguns casos, se a lesão for causada por uma reação inflamatória, pode ser necessário o uso de corticosteroides. Manter a área afetada bem limpa ajuda a prevenir a recorrência de lesões.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível