Como lidar com crianças rudes e arrogantes

Escrito por bailey richert | Traduzido por lucas albuquerque
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com crianças rudes e arrogantes
Uma variedade de técnicas de disciplina podem ser empregadas para lidar com o comportamento rude de uma criança (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Seja tentando ensinar bons modos aos seus próprios filhos ou simplesmente tentando controlar o filho de outra pessoa, lidar com o comportamento rude ou arrogante pode ser um desafio. Quando a criança que está se comportando mal é a sua, você pode, como pai ou mãe, empregar uma variedade de técnicas de disciplina a seu critério. Quando, no entanto, a criança que está sendo rude não é a sua e você é a única pessoa disponível para barrar o mau comportamento dela, suas opções tornam-se bastante limitadas, conforme a eficácia. Oportunidades para as crianças apresentarem comportamento rude são praticamente incontáveis, mas, em todos os casos, existe uma série de técnicas que podem ser empregadas para ajudar a conter estes tipos de atitude e, assim, criar um ambiente mais agradável a todos.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Uma criança que não é sua está sendo rude

  1. 1

    Fale com o pai ou a mãe da criança, se um deles estiver por perto. É sempre melhor deixar os pais fazerem o disciplinamento da criança, que estará em conformidade com os tipos de consequência com as quais eles estão familiarizados em sua própria casa. Além disso, os pais são figuras de autoridade que os filhos devem respeitar mais. Você pode ser visto como um estranho que não representa uma ameaça para eles e que, portanto, não será respeitado.

  2. 2

    Abstenha-se de agredir fisicamente a criança em qualquer momento. Surras podem não fazer parte da rotina de disciplina da criança e isso poderia confundi-la seriamente ou causar danos emocionais. Além disso, machucá-la abre portas para ações legais que podem ser tomadas contra você pelos pais da criança.

  3. 3

    Explique para a criança, enquanto ela estiver cometendo os atos rudes, que esse tipo de comportamento é inaceitável. Ela pode simplesmente não saber o que pode e o que não pode ser feito em um determinado local e momento e uma advertência verbal pode ser suficiente para mudar sua atitude. Explique o que você espera dela para que ela saiba como agir. Por exemplo, se uma criança estiver constantemente interrompendo uma conversa no jantar, diga a ela que interromper os outros é rude, mas diga também que ela deve esperar até que uma pessoa tenha acabado de falar para, então, começar a falar.

  4. 4

    Defina um ultimato ou uma punição que resultará de um comportamento ruim contínuo. Poderia ser um momento de castigo, o confisco de guloseimas e brinquedos ou a perda de algum privilégio. Por exemplo, se estivesse dando uma festa na piscina no aniversário do seu filho e uma criança estivesse agindo de modo inadequado repetidamente, você poderia alertá-la de que se ocorresse outro surto desses ela ficaria sentada dentro de casa e fora da piscina por 15 minutos. Para tornar essa estratégia eficaz, precisa realmente levar adiante suas palavras, para fazer com que a criança entenda a seriedade da situação.

  5. 5

    Mantenha-se calmo e fale em um tom de voz normal em todos os momentos. Crianças são seres altamente emotivos e suscetíveis de ficarem com raiva e tristes ou de gritarem quando não conseguem o que querem. No momento em que está sendo disciplinada, uma criança pode reagir mal, com ataques de gritaria ou com pior comportamento do que antes. Mantenha-se calmo, para mostrar que você está no controle da situação.

  6. 6

    Retire a criança do meio das outras, quando ela estiver sendo má, e dê um segundo para se acalmar. Pergunte-a por que ela está se comportando desta maneira. Geralmente existe uma razão por trás do comportamento de uma criança que os pais simplesmente não veem. Uma criança em uma festa de aniversário pode estar bastante ansiosa pelo bolo e, por isso, rouba o pedaço de outra pessoa. Uma solução simples pode ser apenas dar à criança um pedaço de bolo para ajudá-la a se acalmar.

  7. 7

    Inicie um jogo ou uma atividade divertida para distrair todas as crianças e mantê-las ocupadas. O mau comportamento resulta muitas vezes do tédio misturado com a curiosidade. Manter as mãos e a mente da criança ocupadas pode ajudá-la a não se envolver em problemas.

    Seu filho está sendo rude

  1. 1

    Defina as regras básicas e expectativas para seu filho em uma idade precoce. Se você começar a aplicar duras consequências para o mau comportamento apenas depois de ele já ter conseguido prosseguir com esse comportamento no passado, estará menos propenso a cumprir suas regras.

  2. 2

    Mantenha-se coerente em suas punições, quando as impor ao seu filho. Certifique-se de que a severidade do castigo está de acordo com a gravidade do mau comportamento e leve adiante as consequências depois de já ter alertado a criança.

  3. 3

    Lide com o mau comportamento no momento em que ele acontecer. Permitir que as crianças apresentem atitudes rudes e depois puni-las por isso em um momento de reflexão tardia ou dias depois não as ajudará a associar a consequência com o comportamento.

  4. 4

    Recompense as crianças pelo comportamento excelente, que não é rude ou arrogante. Se seus filhos estiverem sendo punidos constantemente por mau comportamento, eles podem começar a vê-lo apenas como o pai ou a mãe que está sempre desaprovando todas as suas ações. Seja solidário e incentive-os verbalmente ou com pequenas recompensas quando eles se comportarem excepcionalmente, para mostrar quais atitudes são aceitáveis.

  5. 5

    Ouça com atenção se o seu filho tem um lado da história para contar. Situações envolvendo crianças muitas vezes podem ser mais complexas do que os pais imaginam. A profundidade dos seus sentimentos pode chegar a ser bem mais profunda do que a superficialidade que a maioria presume. Se seu filho estiver constantemente agindo de modo inadequado perto de uma pessoa em particular ou em uma determinada situação, pode haver um medo ou confronto passado que precisa ser ouvido e trabalhado por um adulto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível