Como Lidar com um Diagnóstico de Câncer de Pele Terminal

Escrito por ehow contributor | Traduzido por randhal wendel
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como Lidar com um Diagnóstico de Câncer de Pele Terminal
Saiba como lidar com um diagnóstico de câncer de pele terminal

Como lidar com um diagnóstico de câncer de pele terminal. Dos três tipos mais comuns de câncer de pele (melanoma, carcinoma basocelular e carcinoma de células escamosas), melanoma é provavelmente o mais fatal. Enquanto diagnósticos terminais para câncer de pele estão se tornando cada vez mais raros, especialmente se tratados cedo, milhares de mortes ainda ocorrem todos os anos. Se receber um diagnóstico terminal de câncer de pele, é essencial que você e seus entes queridos não apenas recebam os cuidados médicos apropriados, mas busquem aconselhamento ou medicações para lidar com as questões emocionais e psicológicas.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Você vai precisar de:
  • Computador com acesso à internet
  • Oncologista

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Pergunte ao seu oncologista sobre a participação em testes de estudos clínicos, que geralmente usam novos tratamentos no mais avançado tratamento de câncer.

  2. 2

    Pesquise várias terapias alternativas usando remédios fitoterápicos, vitaminas, técnicas de redução de stress e até mesmo acupuntura. Entretanto, sempre consulte com seu oncologista antes de prosseguir, pois alguns suplementos podem interferir na medicação prescrita.

  3. 3

    Pergunte ao seu médico todas as perguntas específicas que puder sobre sua condição, incluindo o tipo específico de câncer de pele que você tem, o estágio do câncer, e o que você pode fazer para se sentir melhor.

  4. 4

    Tente fazer com que sua família faça exames para verificar a existência do mesmo tipo de câncer de pele.

  5. 5

    Decida se quer buscar ajuda em relação aos efeitos colaterais emocionais e psicológicos do diagnóstico terminal, ou se quer tentar alguma das prescrições médicas que podem ajudá-lo a lidar com sua condição.

  6. 6

    Inclua seus amigos e entes queridos no planejamento do resto das suas opções de tratamento, e o que fazer depois que você se for. Muitas pessoas acham que falar sobre tudo diminui o choque do diagnóstico.

  7. 7

    Lembre-se de que outras pessoas sobreviveram a um diagnóstico de câncer terminal, e tente da melhor maneira possível manter uma atitude positiva.

Dicas & Advertências

  • Familiarize-se com o Código de Direitos e Deveres do Consumidor para entender claramente seu direito de escolher opções de tratamento e tomar decisões conscientes concernentes ao seu tratamento.
  • Sempre tenha uma segunda opinião, especialmente se tiver um diagnóstico terminal, assim você será informado de todas as suas opções.
  • Prepare-se para lidar com os efeitos colaterais emocionais e psicológicos potencialmente esmagadores do diagnóstico terminal perguntando ao seu médico sobre aconselhamento ou medicações que podem ajudá-lo. Busque também aconselhamento para os entes queridos durante esse período difícil.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível