Como lidar com os entes queridos que estão perdendo a memória

Escrito por aksana nikolai | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com os entes queridos que estão perdendo a memória
Tenha consciência de que a pessoa não tem controle sobre sua perda de memória (Creatas Images/Creatas/Getty Images)

Assistir a um ente querido perder sua memória é um dos desafios mais difíceis da vida. Quem cuida dessas pessoas tende a passar por uma variedade de emoções e sentimentos, incluindo raiva, impotência, negação e depressão. Tente se familiarizar com os passos que você pode tomar para conciliar seus sentimentos e aliviar o peso colocado sobre você. Se o fizer, isso o ajudará a proporcionar o melhor atendimento e apoio possível ao seu ente querido.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Ria e faça seus entes queridos rirem sempre que possível. É comprovado que o humor é um antídoto temporário para a doença, estresse e tristeza.

  2. 2

    Peça ajuda adequada. Conte com ajuda profissional se tiver problemas para gerenciar o atendimento do paciente. Considere juntar-se a um grupo de apoio, o que pode ajudá-lo a processar suas emoções, compartilhar e aprender com as experiências dos outros.

  3. 3

    Reserve frequentemente algum tempo para descansar. Muitas vezes, recarregar suas baterias pode ajudá-lo a ser um cuidador e um sistema de apoio mais eficaz.

  4. 4

    Mantenha um diário, que estimulará a reflexão, a introspecção e outros processos úteis que podem levar à aceitação e progresso emocional.

  5. 5

    Incorpore atividades de rotina no dia a dia. Seja uma caminhada curta ou um jogo de tabuleiro, atividades que ambos gostam proporcionarão aos dois um conforto necessário.

  6. 6

    Explique aos outros membros da família e amigos sobre a condição do paciente. Converse com eles sobre como se comunicar com a pessoa e quais as mudanças físicas e emocionais que eles devem esperar. Essas medidas impedirão que os parentes e amigos, que são importantes fontes de apoio, afastem-se de você e do paciente devido a uma falta de compreensão ou medo.

  7. 7

    Não tente assumir todo o fardo da prestação de cuidados. Sempre que possível, divida tarefas, compromissos e despesas entre você e outros membros da família.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível