Como lidar com parentes passivo-agressivos

Escrito por ehow contributor | Traduzido por daniela hadzhinachev
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com parentes passivo-agressivos
O comportamento passivo-agressivo é suficientemente irritante (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

O comportamento passivo-agressivo é suficientemente irritante quando vem de estranhos. Quando é um parente próximo, cujo sarcasmo, maledicência ou martírio você tem que lidar frequentemente, é muito difícil não ficar chateado. Manter a calma, no entanto, é a chave para lidar com o esse tipo de situação. Veja neste artigo como se comportar diante de parentes passivo-agressivos.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Fuja do perigo. Seguir um comentário sarcástico com seu próprio sarcasmo ou até mesmo uma mágoa é uma receita para ainda mais comportamentos passivo-agressivos. Ignore a pessoa e lembre-se que quem age desta forma habitualmente tem problemas fora de seu controle.

  2. 2

    Lembre-se de que você é melhor do que tudo isso. Esse parente é muito fraco emocionalmente para se defender ou se afirmar de forma direta. Ele tem que contar com a manipulação e golpes baixos. Recuse-se a se envolver e certifique-se de não parecer chateado com ele. A resposta é o que alimenta comportamentos como o dele.

  3. 3

    Explique calmamente o motivo pelo qual o comportamento passivo-agressivo é destrutivo. Para aquela tia amarga que fala sobre você pelas costas, diga: "Você tem se queixado sobre mim para os meus primos. Isso não me ajuda a mudar o problema. Se você me disser o que a incomoda diretamente, talvez possamos resolver este conflito".

  4. 4

    Pressione o seu parente passivo-agressivo, pedindo-lhe uma solução para o problema. As pessoas com esse tipo de personalidade muitas vezes se agarram a um universo negativo, onde tudo é um ato pessoalmente cometido contra eles. Pedir para que assumam a responsabilidade de melhorar o problema é desarmante e pode render bons resultados.

  5. 5

    Fique atento, mesmo se ser direto com o parente passivo-agressivo resultar em pedido de desculpas, em confissão ou uma resolução por mudança. Não esqueça que as pessoas com esse problema de personalidade odeiam confronto e dirão qualquer coisa para você se calar. Portanto, não acredite em uma mudança até você vê-la várias vezes.

Dicas & Advertências

  • Não recorde toda uma ladainha de comportamentos passivo-agressivo passados. Isso só irá chateá-lo, e você precisa manter a calma para lidar com os parentes que se comportam dessa maneira. Ao invés disso, concentre-se no problema atual.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível