Lista de ervas medicinais chinesas

Escrito por contributing writer | Traduzido por marianna r. molena
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lista de ervas medicinais chinesas
O gengibre é uma raiz medicinal (Siri Stafford/Lifesize/Getty Images)

De acordo com uma antiga lenda, a fitoterapia chinesa tem suas raízes em Shen Nong, o deus da agricultura. Shen Nong se envenenava 70 vezes por dia, tomando ervas e substâncias para que as pessoas pudessem aprender todos os seus benefícios medicinais. Uma das mais antigas formas de medicina, a fitoterapia chinesa evoluiu até poder tratar quase todos os tipos de doenças. Ao entender as diferentes classificações de vários remédios, você pode decifrar, a partir das mais de 2.000 diferentes ervas, aquelas que podem ser a escolha certa para você.

Outras pessoas estão lendo

As quatro categorias das ervas medicinais chinesas

Com as aplicações abrangentes e a variedade das ervas chinesas, é necessário classificar e organizar as principais informações de forma que fiquem acessíveis universalmente. Determinar na prática clínica qual a técnica para curar uma doença depende da análise das capacidades de várias ervas. Estes efeitos e capacidades das ervas chinesas são divididos em quatro grandes categorias: os quatro movimentos, os cinco sabores (azedo, doce, picante, salgado e amargo), as quatro energias (frio, fresco, morno e quente) e a rota meridiana das ervas.

As 20 classes das ervas medicinais chinesas

As mais de 2.000 conhecidas ervas chinesas são divididas em 20 categorias com base em sua função. Muitos dos efeitos destas ervas são para equilibrar o seu corpo, reduzindo os excessos e induzindo à percepção do que está faltando. Estas categorias incluem: ervas para induzir a transpiração, para reduzir o excesso de calor interno do corpo, para reduzir sensações de frio interno do corpo, para reduzir a umidade no corpo, para induzir o vômito, para induzir os movimentos do intestino, para promover a digestão e para suprimir a tosse. As demais classificações de ervas chinesas são: para regular o sangue, para recuperar a consciência, para parar os movimentos involuntários, para corrigir deficiências, para contrair e obstruir movimentos, para expulsar ou destruir os parasitas, para úlceras e tumores, para aplicação externa, para combater o reumatismo, para lubrificar sintomas de secura, para regular a energia e para reduzir a ansiedade.

Ervas medicinais chinesas comuns

Embora haja uma infinidade de ervas chinesas para escolher, algumas são muito mais comuns do que outras e, geralmente, mais fáceis e menos caras para obter. O gengibre é uma erva chinesa que você pode ter ouvido falar. Além de um sabor agradável, é usado para ajudar com digestão e náuseas e limpar os pulmões. O alcaçuz é uma outra erva comum que é usada na medicina chinesa; é utilizada para aumentar a eficácia das fórmulas de ervas e é encontrada em muitas prescrições de ervas. Para uma lista completa de ervas chinesas, vá para o link abaixo referente a acupuntura e medicina chinesa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível