on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Lista de organismos assexuados

Atualizado em 17 abril, 2017

Todos os organismos dão sequência a suas espécies através da reprodução. A reprodução sexuada envolve a fusão de células reprodutivas chamadas gametas, em um processo chamado fertilização. Organismos se reproduzem assexuadamente quando geram descendentes sem a fusão de gametas. Esse tipo de reprodução é primariamente encontrada entre plantas, micro-organismos e animais menores como insetos e répteis.

Os dragões de komodo podem se reproduzir sem os machos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Tipos

Os biólogos reconhecem várias formas de reprodução assexuada. A gemulação ocorre quando um organismo produz gomos pequenos que se soltam do organismo progenitor. Essa fragmentação ocorre quando o organismo se parte em pedaços e esses pedaços crescem para formar um novo indivíduo. Essa fissão ocorre quando organismos unicelulares se dividem em duas células filhas idênticas. A partenogênese ocorre quando o descendente se desenvolve a partir de um ovo não fertilizado. A propagação de vegetações ocorre quando plantas novas crescem de partes específicas como tubos e bulbos que caem de uma planta maior. Um esporo é uma célula reprodutiva que se desenvolve em um novo indivíduo sem se combinar com outra célula. Eles se desenvolvem em uma versão menor do progenitor ou em outra fase no ciclo reprodutivo do organismo.

Loading...

Micro-organismos e animais

Uma grande variedade de micro-organismos se reproduzem assexuadamente. Protozoários, bactérias e grupos de algas chamadas diátomas se reproduzem através da fissão. Animais microscópicos simples conhecidos como cnidários, e os anelídeos também se reproduzem por fragmentação. Os biólogos descobriram cerca de 70 espécies de vertebrados que podem se reproduzir por meio de partenogênese. Os exemplos incluem os sapos, as galinhas, os perus, os dragões de Komodo e tubarões-martelo.

Plantas

Os biólogos chamam a reprodução sexuada entre as plantas de apomixia, que significa "sem mistura". As teorias dizem que as plantas desenvolveram uma forma assexuada de reprodução como forma de colonizar uma área grande em ambientes extremos como o ártico e o alpino. Os morangos se reproduzem a partir de sementes que se formam assexuadamente. Samambaias e musgos se reproduzem através de esporos. Algumas árvores, como laranjeiras sem sementes, só podem se reproduzir com a ajuda de seres humanos que cortam parte das plantas para replantá-las.

Reprodução sexuada e assexuada

Algumas espécies se reproduzem tanto de maneira sexuada quanto assexuada. Os pulgões, por exemplo, se reproduzem por partenogênese, na primavera e no verão, quando as condições ambientais e a oferta de alimentos podem dar apoio ao rápido crescimento de sua população. Eles se reproduzem de maneira sexuada no outono e inverno, quando os recursos são limitados. Entre algumas espécies de formigas, vespas e abelhas, o tipo de reprodução determina o sexo dos bebês. Por exemplo, os ovos não fertilizados de abelhas produzem machos enquanto os fertilizados produzem fêmeas. Criaturas aquáticas minúsculas chamadas rotíferos se reproduzem por partenogênese na primavera e no verão. No entanto, os ovos só produzem fêmeas. No outono eles produzem uma pequena prole que não tem trato digestivo, mas produzem esperma. Estas criaturas fertilizam os ovos que eclodem em uma nova geração de fêmeas na primavera.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...