Por que as maçãs ficam marrons quando expostas ao ar?

Escrito por michael monet | Traduzido por paloma nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que as maçãs ficam marrons quando expostas ao ar?
As maçãs são coisas vivas — assim como nós (apples image by Harvey Hudson from Fotolia.com)

É difícil lembrar-se de que frutas e vegetais são organismos vivos até que tenhamos que colhê-las. Assim como todos os organismos vivos do planeta, eles possuem um período de vida e vários fatores diferentes contribuem para sua decomposição.

Outras pessoas estão lendo

Mofo, bactéria e fungo

Os patógenos das plantas causam uma grande porcentagem da doença da safra. O patógeno de uma planta pode ser biotrófico, estabelecendo uma relação com as células da maçã de forma que se alimente dela sem danificá-la, ou necrotrófico, em que o patógeno invade violentamente e mata os tecidos da planta conforme se alimenta. O mofo, a bactéria e o fungo podem entrar na maçã de formas diferentes, se as células da parede da maçã estiverem quebradas (como depois de deixá-la cair no chão ou de dar uma mordida). Diferentes tipos de fungos degradam a maçã de formas diferentes, deixando-a seca e marrou ou molhada e mole.

Depois da colheita

Depois de ser colhida, a maçã passará por mudanças bioquímicas, já que foi tirada de sua fonte de vida, da árvore da qual ela tirava os nutrientes. Haverá uma decomposição nos carboidratos da maçã e na produção dos gases dióxido de carbono e metano. As enzimas de dentro da fruta aceleram o processo de decomposição. Se alguém colher uma maçã e deixá-la na bancada, ela eventualmente ficará marrom, esteja a casca quebrada ou não. A colheita é o começo do fim da vida da maça — depois disso, ela passa por algumas semanas de maturação antes de começar a ficar marrom.

Oxidação

Uma maçã possui milhares de células. Quando ela cai no chão, é mordida, cortada ou danificada de alguma forma, muitas dessas paredes de células se quebrarão. O lado interior da maçã ficará, então, vulnerável ao oxigênio — as enzimas e os fenóis com ferro da maçã irão reagir ao oxigênio e, como resultado, a parte de dentro da maçã ficará marrom.

Prevenção

Você pode impedir que as maçãs fiquem marrons colocando-as na geladeira para diminuir a exposição a bactérias, fungos e mofos. Depois de cortada, você pode deixá-la na água ou em outra mistura cítrica (que contenha antioxidantes) para prevenir que ela escureça. A melhor forma de manter uma maçã fresca é evitando feri-la e evitando a exposição a patógenos e oxigênio. Lembre-se que uma maçã estragada pode contaminar todas as outras devido a uma reação em cadeia.

Sumário

Quando as maçãs ficam marrons, pode parecer que isso aconteceu apenas devido à exposição ao oxigênio. No entanto, há várias outros fatores na degradação. Primeiro, uma maça que foi colhida há muito tempo pode estar no fim de sua vida e pode estar mofando naturalmente. Qualquer maçã que esteja com um furo na casca estará exposta ao oxigênio, que irá causar uma reação química com o ferro e com as enzimas, e aos patógenos. Bactérias, fungos e mofo deixarão uma maçã marrom e seca ou mole e molhada. Tais processos podem ocorrer separadamente ou ao mesmo tempo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível