Como fazer uma mandala de areia em casa

Escrito por brian kadigan | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma mandala de areia em casa
A mandala é uma imagem sagrada Budista que representa o cosmos (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Uma mandala de areia é uma forma de arte Tibetana Budista, na qual uma pintura sagrada, a mandala, é cuidadosamente desenhada com areia colorida sobre uma mesa. A mandala é um desenho complexo, simétrico, em geral formatado como um quadrado circunscrito por um círculo, que simbolicamente representa o cosmos. Na tradição Tibetana Budista, as mandalas são usadas para concentração durante o processo de meditação. A criação de uma mandala de areia é um processo complexo, acompanhado por vários rituais. Por tradição, a mandala de areia deve ser destruída varrendo-se o desenho, logo após a sua conclusão — isso simboliza a impermanência da vida e a futilidade do apego.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Superfície grande e plana
  • Quadro ou cartaz, limpo, branco e resistente
  • Lápis
  • Apagador
  • Régua
  • Transferidor
  • Compasso
  • Tesoura
  • Canudo plástico
  • Máscara facial de algodão
  • Areia colorida
  • Escova ou vassoura

Lista completaMinimizar

Instruções

    Preparação

  1. 1

    Encontre ou crie um desenho para reproduzir na areia. Sites e livros de arte possuem exemplos de mandalas Tibetanas (ver Recursos).

  2. 2

    Desenhe a imagem escolhida com cuidado no quadro ou cartaz.

  3. 3

    Coloque a placa sobre uma superfície grande e estável.

  4. 4

    Corte um dos lados do canudo aproximadamente 2,5 cm da extremidade para formar um funil para a areia escorrer.

    Criando a sua imagem na areia

  1. 1

    Coloque a máscara e certifique-se de que a área de trabalho esteja livre do excesso de correntes de ar. Isso vai evitar que a areia seja levada pelo vento ou pela sua respiração.

  2. 2

    Movimente a cor da areia que você deseja para o fundo do trabalho com a ajuda do canudo.

  3. 3

    Acomode a areia, onde você deseja que ela fique, tocando suavemente a lateral do canudo para que a areia flua com precisão por sobre a placa.

  4. 4

    Continue a acomodar o desenho, uma cor por vez. É melhor partir do centro da mandala e ir deslocando-se para fora.

  5. 5

    Continue o processo até que todos os elementos da mandala sejam concluídos.

    Criação e destruição

  1. 1

    Exiba ou fotografe a mandala terminada, se assim o desejar. Com cuidado, o trabalho pode ser conservado por vários dias.

  2. 2

    Inicie o desmantelamento da mandala assim que se sentir preparado. Seguindo a tradição, destrua as divindades e os símbolos pinçando a areia em uma determinada sequência. Depois, desenhe linhas a partir de quatro direções para o centro com os seus dedos.

  3. 3

    Varra a areia para um recipiente qualquer com uma escova ou vassoura. Continue até que a superfície esteja limpa.

  4. 4

    Devolva a areia à natureza. Por tradição, a areia é despejada em um riacho ou rio. Os materiais nunca são utilizados uma segunda vez.

Dicas & Advertências

  • Você vai descobrir que, com cuidado, é possível colocar várias camadas de areia, uma por cima da outra, para criar belos efeitos. Você pode ter que realizar algumas tentativas para saber o quanto de areia será ideal para constituir cada uma das camadas.
  • Seja paciente. Essa arte requer tempo e concentração.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível