O melhor modo de se remover um parafuso espanado

Escrito por g.k. bayne | Traduzido por marcos paulo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O melhor modo de se remover um parafuso espanado
Parafusos podem ser um grande problema para a manutenção de um objeto (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Um parafuso pode espanar dentro de qualquer aparelho mecânico. Normalmente, eles enferrujam devido ao excesso de umidade e à falta de uma lubrificação preventiva. Arranjos no parafuso são feitos para diversos métodos de remoção e não existe um único modo certo para retirá-lo. Aqui estão alguns passos que podem ser seguidos para a troca de um parafuso enferrujado.

Outras pessoas estão lendo

Óleo e força bruta

O primeiro passo para remover qualquer parafuso enferrujado é encharcá-lo e a área ao seu arredor com um óleo penetrante. Existem diversos tipos de óleos em spray no mercado. Qualquer um penetrante servirá quando colocado corretamente. Geralmente deixa-se o óleo agir por cerca de seis horas antes de qualquer tentativa de remoção. Coloque a chave adequada no parafuso. Tente girá-lo em sentido anti-horário e depois um pouco no horário. Utilize pouca força pois o parafuso pode quebrar e ficar preso dentro do orifício. Use uma chave de impacto se couber. Em alguns casos, alguns golpes na chave de impacto liberam o parafuso que pode ser removido com uma catraca. Em outros casos, entretanto, ele está tão enferrujado que nem o óleo funciona.

Parafusos e porcas

Muitas vezes o parafuso e a porca estão espanados juntos. Nesse caso, não há como remover a porca do parafuso. Se houver espaço, pode-se utilizar um quebra-porcas. Utilize uma chave inglesa para apertar o quebrador ao redor do parafuso. Isso destrói tanto a rosca quanto o parafuso. Na maioria dos casos o parafuso é facilmente trocado. Quando trocá-lo, use um pouco de composto protetor nos novos. Ele irá agir nos vincos caso necessite de troca no futuro. Parafusos que estão inseridos em uma peça grande de metal, sem uma porca prendendo eles, requerem uma ação mais drástica.

Maçaricos e calor

Parafusos que estejam presos em peças de metal, como blocos de motor, requererão o uso de calor para a extração. Use um maçarico pequeno de propano para aquecer a área ao redor do parafuso. Tenha a chave correta em mãos visto que o calor irá se dissipar rapidamente. O objetivo é aquecer o material ao redor e fazer com que ele expanda. Coloque a chave na cabeça e gire no sentido anti-horário. Caso o calor vá para o parafuso, ele também expandirá e dificultará a extração. Deixe esfriar e use o maçarico novamente. Adicionar o óleo penetrante irá auxiliar na remoção da ferrugem entre os vincos durante o processo de aquecimento.

Fundição

Use uma solda alimentada por fio nos parafusos que se quebraram dentro da superfície de metal. Coloque uma porca com o mesmo diâmetro interno que o parafuso em seu centro. Deixe separada a chave correta para a porca. Segure-a com um alicate de bico fino. Solde a rosca ao parafuso. Assim que ela mudar da cor laranja brilhante para o cinza, ou preto fosco, posicione a chave na porca. Remova-a na direção anti-horária. A solda não apenas aquece o parafuso e seus arredores, mas também provém uma firmeza ao parafuso quebrado. Pode levar diversas tentativas para removê-lo. Todos os métodos acima devem ser tentados antes de uma ação final de extração.

Perfuração e extratores de parafuso

O ultimo modo que é empregado para remover um parafuso espanado é perfurá-lo e usar um extrator. Deve-se prestar atenção para utilizar o soquete correto da furadeira. Caso seja muito grande, a rosca interna será danificada. Usar uma muito pequena irá quebrar o extrator. Use um amolador manual para planificar a superfície do parafuso antes de perfurá-lo. Faça um pequeno furo no centro do parafuso com um martelo para que a furadeira possa entrar bem no centro. Use óleo penetrante em abundância durante este procedimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível