O que é um meningioma parietal direito falcino?

Escrito por susan mcgrath | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é um meningioma parietal direito falcino?
Os meningiomas são diagnosticados por tomografia ou por ressonância magnética (Kernspintomographie image by Marem from Fotolia.com)

O Instituto Skull Base descreve o meningioma como um tumor que ocorre nas meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Os meningiomas são classificados de acordo com o local em que ocorrem. Um meningioma parietal direito de foice é um tumor que ocorre no lobo parietal direito ao longo da foice cerebral.

Outras pessoas estão lendo

Meningioma

Várias membranas que cobrem o cérebro e a medula espinhal formam as meninges, incluindo a camada mais externa chamada de dura-máter. A dura-máter se dobra no cérebro, criando as dobras durais e a foice cerebral. Os meningiomas são o segundo tipo mais comum de tumor cerebral, compondo cerca de 20% dos tumores. Eles são geralmente benignos, de crescimento lento e ocorrem com mais frequência em indivíduos entre as idades de 40 e 70 anos, afetando mais as mulheres do que os homens.

Meningioma parietal direito de foice

Os tumores que crescem ao longo da foice cerebral, a dobra de dura-máter que separa a metade esquerda e a direita do cérebro, são chamados de meningiomas de foice. Os meningiomas parietais ocorrem no lobo parietal do cérebro, um dos quatro lóbulos que existem. De acordo com o Bryn Mawr College, o lobo parietal é responsável pelo movimento, orientação, reconhecimento e percepção de estímulos. O Manual Merck também diz que danos ao lobo parietal direito geralmente causam apraxia, ou dificuldade em realizar tarefas simples como se vestir.

Causas dos meningiomas

O Instituto Skull Base lista a radiação como a única causa confirmada de meningiomas. Os meningiomas também ocorrem com mais frequência em famílias, o que sugere uma ligação genética, apesar dos cientistas não terem certeza ainda de quais genes estão envolvidos. Eles também estão associados às lesões prévias da cabeça, outros tumores cerebrais, aneurismas e, possivelmente, infecções virais.

Sintomas de meningiomas

De acordo com o Instituto Skull Base, os sintomas de um meningioma dependem de onde ele está localizado, já que a pressão em certas áreas do cérebro é o que causa os sintomas. Os sintomas podem incluir dor de cabeça, derrames, convulsões, perda de visão e mudanças na personalidade. A publicação "Neurology India" relata o caso de um homem de 60 anos com perda da sensibilidade no lado esquerdo, tremores e movimentos convulsionais. Uma tomografia mostrou uma massa no seu lobo parietal direito, que foi diagnosticada como um meningioma falcino.

Diagnóstico e tratamento de meningiomas

O diagnóstico de meningiomas é feito por exames de ressonância magnética ou por tomografias. Esses exames também podem determinar o tamanho e a localização dos tumores. Biópsias podem mostrar informações sobre a histopatologia das células envolvidas. Meningiomas que causam sintomas pequenos ou que não causam sintomas só são observados por ressonâncias. Se os sintomas forem mais graves, a cirurgia é o melhor tratamento. O Instituto Skull Base relata alguns meningiomas raros que são malignos. Esses exigem radiação como parte do tratamento. Os meningiomas têm, em média, um prognóstico bom, já que são benignos e removíveis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível