Métodos da apresentação oral

Escrito por lesley henton | Traduzido por helmir soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Métodos da apresentação oral
Para muitas pessoas, fazer uma apresentação oral é assustador (Lecturn image by TMLP from Fotolia.com)

De acordo com a revista Time, o comediante Jerry Seinfield um dia fez piada com um estudo que dizia que a maioria das pessoas teme mais falar em público do que morrer. "Em outras palavras", disse Seinfeld, "em um funeral, a pessoa preferiria ficar no caixão a elogiar o falecido". Uma exposição oral pode deixar você em pânico, mas existem métodos que podem ser usados no discurso para não errar.

Outras pessoas estão lendo

Preparação

Dê a você mesmo um tempo para pesquisar e escrever sua apresentação, além de juntar recursos visuais. Ensaie muitas vezes de frente para um espelho e, se possível, para uma audiência constituída por amigos ou membros da família. Peça para que eles lhe deem um feedback e use seus comentários para melhorar sua performance. Se, em sua apresentação, houver um momento para perguntas e respostas, deixe que os ouvintes façam as suas perguntas. A interação com a plateia acrescenta valor à sua exposição, por isso, esteja pronto para lidar com as dificuldades.

Métodos da apresentação oral
Pratique seu discurso de frente para um espelho (man in bathroom mirror image by Leticia Wilson from Fotolia.com)

Organização

De acordo com a Universidade Estadual do Leste do Tennessee (ETSU, na sigla em inglês), uma apresentação oral deve ter três partes: a introdução, o desenvolvimento e a conclusão. Segundo a ETSU, "o objetivo da introdução é criar rapidamente uma ligação com a plateia e ganhar sua atenção". Diga à audiência o seu nome e suas qualificações, explicando para eles qual o tema em debate. Forneça informações antecedentes, apresentando sua tese, o argumento principal e as ideias mais importantes. Em seguida, apresente o desenvolvimento, onde explica, sustenta e defende sua tese. Foque nos pontos principais e use recursos visuais como slides, transparências ou gráficos feitos em computador para ajudar a plateia a compreender o seu discurso. Conclua a palestra resumindo os pontos principais. Você deve planejar e memorizar as suas últimas palavras para que seu final seja eficaz.

Apresentação

Existem quatro métodos para fazer sua apresentação: o extemporâneo, o improvisado, o memorizado e o lido. De acordo com a ETSU, o primeiro é o mais eficaz. Quando você usa esse método, significa que se preparou o bastante, por isso fala do tema sem precisar memorizar ou ler anotações. Anote o texto de sua apresentação num papel, mas não o leia. Em vez disso, anote as palavras chave e as ideias principais em fichas de arquivo. Se você fez uma pesquisa e ensaiou sua apresentação, só precisa ter as fichas para mostrar que está bem informado e que sua mensagem sai de forma natural. O pior método é o da improvisação. Ele mostra que você não se preparou e que vai dizer algo "sem preparo prévio". Se optar por improvisar, fará uma apresentação oral pobre e incompleta. Mesmo que saiba tudo sobre o tema, você possivelmente gaguejará, se confundirá e aborrecerá a plateia. A memorização pode ser eficaz, mas é arriscada, porque você pode se perder ou esquecer alguma coisa. O último método consiste na leitura do próprio roteiro. Em determinadas circunstâncias, esse método pode ser eficiente se você estiver apresentando um tema difícil sem qualquer experiência. Seja qual for o método que escolher, tenha um contato visual com todas as pessoas e faça uma pausa sempre que necessário para que elas possam fazer suas anotações.

Métodos da apresentação oral
Ter um contato visual com todas as pessoas presentes as mantêm interessadas em sua apresentação (eye women image by Alexandr Shebanov from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível