Por quê minhas juntas doem quando o tempo muda?

Escrito por nancy z. gleaton | Traduzido por rodrigo leite
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

"Há uma tempestade. Eu posso sentir isso em meus ossos." Quantas vezes você já ouviu alguém dizer algo semelhante? Há pessoas com artrite que juram que eles podem prever o tempo com base unicamente no estado em que se encontram suas juntas. Isso é um mito ou há alguma base científica para essa crença?

Outras pessoas estão lendo

Teorias / Especulação

Vários estudos parecem indicar que essas pessoas não estão apenas imaginando coisas. Em 2003, cientistas japoneses realizaram um dos primeiros estudos documentados sobre os efeitos das mudanças climáticas nas articulações dos animais, o Jornal Internacional de Biometeorologia publicou os resultados. Induzindo artificialmente uma inflamação no pé e depois colocando os ratos em um ambiente de baixa temperatura e baixa pressão, os cientistas viram a dor nas juntas do pé aumentarem. Eles acreditam que o sensor que aciona essa dor poderia ser no ouvido interno, que sente os efeitos das mudanças na pressão do ar. A maioria das pessoas que voaram em aviões sente seus ouvidos estalando quando o avião aumenta ou diminui de altitude. Em 2007, cientistas da Universidade de Tufts, em Boston, realizaram um estudo demostrando que a dor da artrite aumenta a cada queda de temperatura de 10 graus; as mudanças na pressão barométrica também causaram aumento da dor.

Fatos / Definições

Por que a pressão barométrica afeta as articulações em animais ou seres humanos? Para responder a isso, é preciso primeiro entender o que é a pressão barométrica. Colin Marquis, um meteorologista sênior do "The Weather Channel", diz que "A maioria das pessoas não pensa que o ar tem peso, mas ele é feito de moléculas, e estas têm um peso mensurável. Quando falamos de pressão barométrica, estamos falando sobre esse peso". Ele usa uma analogia que ajuda a explicar os efeitos da pressão do ar. "Pegue um balão e coloque-o em um aspirador. Como a pressão é reduzida em torno do balão, ele se expande", explica ele. "A mesma coisa ocorre dentro dos tecidos ao redor das articulações. Se já houver inchaço, inflamação, mecânica anormal das juntas, quando a pressão diminui, o gás e o tecido se expandem, e isso é sentido como mais dor pelo paciente. É por isso que eles sentem uma mudança na pressão barométrica."

Insight de especialista

Dr. Rob Danoff, um osteopata e diretor do programa de "The Family Practice Residency in Filadélfia", bem como colaborador regular do Discovery Health on-line e do The New York Times Special Features, parece concordar. Ele conta a história de uma paciente com um "joelho do tempo", Edna; ela previa corretamente o tempo nos 12 anos em que ele a tratou. Ele acrescenta: "...mesmo que a ciência não possa provar com certeza que o joelho de Edna está prevendo uma tempestade de neve , eu posso dizer que, quando ela "sente" uma nevasca vindo, eu me certifico de que minha pá de neve esteja em boas condições".

Dr. John Parenti, diretor do Departamento de Ortopedia do Centro Médico Geisinger em Danville, Pensilvânia, tem uma visão mais pragmática. Embora não descarte uma ligação entre mudanças climáticas e dores nas juntas, ele diz: "Eu não basearia nenhum tipo de tratamento nisso." Ele concorda que os receptores nervosos nas juntas podem sentir os efeitos do aumento da pressão barométrica mas, para a maioria das pessoas, os efeitos são mais de irritantes do que debilitantes.

Está tudo na sua cabeça?

A visão do Dr. Parenti concorda com a maioria dos estudos, que não conseguiram encontrar uma correlação médica entre mudanças no clima e dores nas juntas. Um artigo publicado pela "Carl R. Darnell Army Medical Center" em Fort Hood, Texas, ressalta que as pessoas que prestam atenção ao tempo quando suas juntas doem podem não reparar no tempo quando não estão sentindo nenhuma dor. Por isso, a dor nas juntas é quase sempre associada ao mau tempo.

Significado

Então, o que tudo isso realmente significa? Mesmo que tudo seja psicológico, se você sofre de artrite e acha que sente as mudanças climáticas em suas juntas, pode tratar de carregar o guarda-chuva da próxima vez que seus dedos ficarem duros ou seus joelhos doerem. Para aqueles que não são propensos a sentirem dores nas juntas, o jeito é continuar consultando a previsão meteorológica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível