Estilo

Naufrágios alemães no mediterrâneo

Escrito por lyle osinchuk | Traduzido por lucas eduardo césar
Naufrágios alemães no mediterrâneo

Mais de 60 Submarinos alemães foram afundados no Mediterrâneo durante a Segunda Guerra Mundial

uboat depth charged image by patrimonio designs from Fotolia.com

Um evento histórico explica a maioria dos navios Alemães no fundo do Mar Mediterrâneo: a Segunda Guerra Mundial. De acordo com o Abysso, banco de dados Italiano para destroços submersos, mais de 100 navios de guerra, U-boats (submarinos) e as aeronaves Luftwaffe chegaram ao seu fim nas águas limpas do Mediterrâneo entre 1939 e 1945. Das poucas dezenas de naufrágios Alemães que não afundou durante esse período, a maioria eram os U-boats (submarinos), da Primeira Guerra Mundial. No dois conflitos a marinha e força aérea alemã temiam predadores em quaisquer águas -- naufrágios de aliados são tão comuns quanto os alemães, e mais abundantes em muitas áreas.

Outras pessoas estão lendo

Navios De Guerra

Um navio de escolta Alemão, o SG-10, encontra-se nas águas ao largo Bastia, Córsica. Ela era originalmente um transporte de fruta, transformada pela marinha Francesa em 1940 em um cruzador auxiliar. Capturada pelo exercito Alemão em 1942, ela se apresentou como uma escolta rápida até encontrar seu fim em Agosto de 1943, por um torpedo do submarino Britânico HMS Sickle. Seis navios de guerra Alemães descansam em águas Italianas. Um par de corvetas e um torpedeiro foram afundados em 1944 na costa noroeste. Duas embarcações de ataque caíram ao largo da costa do Tirreno em 1943. Mais a oeste fora da Sardenha, o navio de desembarque Krieg Transporte 12, carregado com munição, explodiu depois de ser atingido pelo submarino britânico HMS Safari em abril de 1943, ao norte de Cala Gonone. Outra corveta está no Mar Adriático a leste da ilha de Pag, na Croácia, e os restos de um navio de transporte alemão não identificado estão espalhados por Sousse, Tunísia.

Submarinos

Naufrágios de submarinos estão espalhados por todo o Mediterrâneo. As águas estavam muito disputadas durante a Segunda Guerra Mundial e tornou-se uma armadilha mortal para a frota de submarinos de Hitler. De 1941 a 1944, os alemães enviaram 62 submarinos para as águas; navios mercantes, dezenas de bases aéreas aliadas com centenas de aviões equipados com radar caçavam a frota de U-boats (submarinos) sem piedade, suas habilidades de evasão foram prejudicadas pelas claras águas calmas do Mediterrâneo. O submarino mais sucedido em termos de barcos aliados afundados foi o U-81, ativo por 788 dias, de 1941 até Janeiro de 1944, quando encontrou seu fim por bombardeios Americanos perto de Pola, Croácia. 28 barcos aliados foram vitimas do U-81, incluindo o famoso Transportador Britânico HMS Ark Royal, em novembro de 1941, perto de Gibraltar. O Mediterrâneo guarda naufrágios de submarinos desde a Primeira Guerra Mundial. A maior concentração desses, foram afundados no final da guerra no norte do Adriático.

Aeronave

Muitos navios alemães encontraram seu local de descanso final no Mediterrâneo durante a Segunda Guerra Mundial. Existem oito naufrágios conhecidos visíveis para mergulhadores nas águas Francesas e Italianas. Um Heinkel He 111 bombardeiro está relativamente intacto perto de Cap Martin, na França. Descoberto em 1965, o naufrágio é uma atração para mergulhadores pois as portas do compartimento de bombas estava aberto, permitindo o acesso ao seu interior. No noroeste da Isola delle Femmine um avião de carga Junkers foi abatido por caças Aliados em 1942. O naufrágio se assentou em boas condições e foi colonizada por congros e moreias.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media