O que é uma negociação de títulos financeiros?

Escrito por kay miranda | Traduzido por marlon campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é uma negociação de títulos financeiros?
Investir em títulos financeiros pode ser uma boa maneira de aumentar sua renda (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Pessoas e organizações estão sempre buscando uma maneira de aumentar a renda. Uma possibilidade interessante para alcançar isso é investir em títulos e valores mobiliários para negociação. Apesar de todos os investimentos nesses títulos financeiros apresentarem um risco de perda do capital investido, esse tipo de negociação aumenta a chance tanto de lucros quanto de perdas. Há muitos fatores envolvidos quando se considera a negociação de títulos financeiros. Para entendê-los, vamos dar uma olhada em cada fator, individualmente.

Outras pessoas estão lendo

Títulos

Títulos financeiros e valores mobiliários são ações ou debêntures de empresas de capital aberto que são comprados e vendidos através de corretoras. Eles são regulados pela Comissão de Valores Mobiliários do Brasil e não oferecem nenhuma garantia de retorno sobre o investimento. Os valores desses títulos oscilam regularmente e representam um risco para o investidor. Investimentos em títulos financeiros são oferecidos tanto para as empresas de grande poder de capitalização quanto empresas de pequeno porte.

Negociação

Negociação é a compra ou venda de um título específico, o qual pode ser uma ação ou um debênture e é feita através de uma corretora. Os indivíduos podem realizar negócios tanto através de um representante registrado (um corretor ou banco licenciado) ou por conta própria através de uma empresa de corretagem online. Uma negociação pode ser feita usando uma conta corrente ou através de uma conta margem. Contas correntes exigem que todas as transações sejam pagas inteiramente na data acordada, três dias após a execução da transação. Contas margem permitem que o investidor empreste dinheiro para a compra de títulos na esperança de que eles não percam seu valor, sendo cobrada pela corretora uma taxa de juros.

Definindo a negociação de títulos financeiros

Negociação de títulos é o ato de compra e venda de títulos financeiros com a intenção de se obter lucros rapidamente. Corretoras e consultores de investimento recomendam a compra de títulos tendo em vista a valorização prevista de uma empresa. A negociação de títulos envolve ações e títulos de dívida (bonds) para todos os investidores nas transações públicas. A diferença é que negociações de títulos são cronometradas pelos investidores para serem compradas por valores baixos e vendidas por valores altos em curto espaço de tempo. Enquanto todos os títulos podem ser negociados dessa forma, alguns têm um vai e vem natural, podendo ser negociados com mais regularidade. Por exemplo, as redes de lojas de varejo esperam lucros mais elevados no quarto trimestre devido às compras de Natal, o que pode levar os investidores a comprarem ações com antecedência nos últimos meses do ano para serem vendidas no início do ano seguinte.

Recompensas

Os lucros que podem ser obtidos a curto prazo através da negociação de títulos são enormes. Os investidores que conseguem cronometrar o mercado têm a capacidade de vender alto enquanto recompra em valores baixos, ao contrário de investidores de longo prazo, que vivenciam os altos e baixos dos investimentos. Administradores de fundos mútuos ganham a vida investindo capital em títulos nas horas certas, observando relatórios de vendas e notícias referentes ao mercado. Aqueles que são bons nisso valem as taxas que cobram.

Riscos

Muitos consultores financeiros experientes comparam a negociação de títulos financeiros pelo investidor comum a uma aposta em jogos de azar. O investidor pode ter sorte uma ou duas vezes, mas certamente não tem os recursos ou tempo suficiente para acompanhar o mercado internacional e a influência que ele exerce nos títulos nacionais, o que é essencial para se fazer boas transações. Eventualmente, a possibilidade de ganhos altos cai por terra diante da realidade de perdas extremamente rápidas. Além disso, a compra e venda constantes, mesmo para os investidores de sucesso, podem ter uma boa parte dos lucros consumida por impostos sobre ganhos de capital.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível