×
Loading ...

O que os nervos da espinha torácica controlam

Atualizado em 21 julho, 2017

A medula espinhal é a conexão entre o cérebro e praticamente tudo abaixo do queixo. A maioria dos nervos que se ramificam desta importante via de informações é agrupada sob o nome de nervos torácicos.

Os nervos torácicos inervam principalmente os músculos intercostais (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Os nervos espinhais torácicos

Existem 24 pares de nervos que saem da coluna espinhal, divididos entre três segmentos. A parte superior da coluna inerva os braços e o pescoço, e a parte inferior inerva as pernas. Os doze nervos do meio são chamados de nervos espinhais torácicos; estes fazem um pouco de tudo.

Loading...

Primeiro nervo torácico

O primeiro nervo a se ramificar da espinha torácica entra no plexo braquial, um feixe de nervos que inerva os braços e o dorso superior; isso inclui a pele e os músculos do membro. Os órgãos não são controlados por esses nervos, eles são inervados diretamente pelo tronco cerebral.

Nervos torácicos superiores

Os próximos cinco nervos torácicos inervam os músculos intercostais do tórax. Além disso, cada nervo se ramifica em direção à pele do peito e do dorso superior.

Nervos torácicos inferiores

Os nervos torácicos entre o 7º e o 11º funcionam em uma maneira similar aos nervos torácicos superiores, exceto que esses inervam a pele e os músculos intercostais do abdômen e do dorso inferior.

Décimo segundo nervo torácico

O último nervo torácico se junta ao nervo íleo-hipogástrico (um ramo do primeiro nervo lombar) para inervar o músculo glúteo e a pele das nádegas. Diferente dos demais nervos torácicos, esse não passa entre duas costelas.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...