on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Nove formas de tornar sua casa segura para bebês

Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images

Introdução

A sua casa pode ser o lugar mais seguro. Tudo isso até a chegada de um bebê. Crianças pequenas estão por descobrir o mundo. Todas as coisas são novas para elas. É normal que a curiosidade se faça presente. E qualquer minutinho de descuido pode ser fatal. Uma peça pequena pode ser engolida, aquele móvel pode virar o monte Everest e ser desbravado. Por isso, o ditado "todo cuidado é pouco" deve ser seguido à risca. Confira algumas dicas de como organizar a sua casa para evitar acidentes indesejáveis com os bebês.

IT Stock Free/Polka Dot/Getty Images

Cozinha

A cozinha não deve ser um lugar para deixar as crianças sozinhas, porque neste ambiente o perigo existe até para os adultos. A geladeira deve ter uma trava externa para limitar o acesso. Não deixe bancos próximos à janelas e, caso esta esteja junto à pia, redobre os cuidados. Quando for usar o fogão prefira as bocas do fundo, e evite que os cabos das panelas fiquem para fora do fogão chamando a atenção das crianças. Quando não estiver em uso, certifique-se que o fogão está desligado. Os objetos cortantes (facas, tesouras, espetos, etc.) devem estar guardados em gavetas com chave e se possível fora do alcance das crianças.

Jupiterimages/Creatas/Getty Images

Banheiro

É comum guardarmos no banheiro remédios, produtos de higiene e até alguns objetos pontudos, como alicates de unha e pinças. É por isso que estes elementos devem ser guardados no alto, em caixas fechadas e todos bem lacrados, afinal as pílulas coloridas podem ser facilmente confundidas com balas e doces. Os cremes para o corpo, desodorantes e produtos para higiene em geral, além de tesourinhas, lixas, pentes etc. também devem ser guardados fora do alcance das crianças para evitar intoxicações e acidentes. Quanto ao piso, é importante que esteja sempre coberto com algum tapete ou antiderrapante para impossibilitar as quedas. Outra coisa muito importante é usar um lacre no vaso sanitário, prevenindo assim, que as crianças se afoguem.

Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images

Quarto

O quarto é o lugar onde, talvez, a criança passe a maior parte do tempo. É por isso que a atenção aqui deve ser maior. As portas devem ter apoios e protetores. Os móveis de cantos arredondados são mais seguros, e é importante verificar que as gavetas não possam ser usadas como uma escada para o alto e que não fiquem próximas das janelas. As camas devem conter proteções laterais com grades entre 5 e 7 cm. Os brinquedos devem ser guardados e seu estado também é essencial, a fim de que não soltem nenhuma peça que possa ser engolida. A limpeza é muito importante, principalmente se a criança ainda estiver engatinhando. As janelas também devem ter grades ou redes de proteção.

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Sala de estar

Um cômodo da casa nem sempre muito visitado pelas crianças, a sala de estar é um lugar de descanso, mas nem por isso devemos deixar os cuidados de lado nesse ambiente. Se por acaso existe alguma escada é importante que se limite o acesso, com grades ou um pequeno portão. Mesinhas de centro com tampa de vidro são um perigo em potencial. Todas as tomadas devem ter proteções. Se tiver alguma porta de vidro, sinalizar que existe uma porta de uma maneira criativa ajuda bastante. As plantas também merecem atenção especial e devem estar fora do alcance das crianças, porque algumas delas se forem ingeridas podem causar sérias doenças.

Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

Sala de tv

Um cômodo bastante visitado pelas crianças, por isso também deve estar bem protegido para evitar acidentes. É muito comum que exista uma cortina, para diminuir a claridade no televisor. Nesse caso, as cortinas não devem ser de argolas e nem conter pendentes que sejam acessíveis aos baixinhos, pois podem se soltar facilmente e cair. Prefira os móveis com cantos arredondados. Se existe corredor, carpetes e tapetes facilitam a circulação e ajudam a evitar escorregões. Como há muitos aparelhos eletrônicos neste lugar, é indispensável utilizar um redutor de fio, que não só deixa tudo mais seguro como bem organizado. Os objetos decorativos devem ficar no alto, ou ser de difícil acesso para as crianças.

Barry Austin Photography/Lifesize/Getty Images

Lavanderia

Os produtos de limpeza são coloridos para facilitar a identificação, porém as crianças vêem as cores como algo atrativo, é inevitável. É justamente por isso que eles devem ser guardados em lugares altos ou em armários com travas. O ferro de passar roupa nunca deve ficar ligado, e quando for passar roupa e estiver esperando até que ele esquente, as crianças devem permanecer fora desse ambiente. Deixe os baldes e bacias no alto e sem nenhum conteúdo. O tanque deve ser fixo e jamais deve permanecer com água de molho.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Piscina e área de lazer

As áreas externas da casa podem ser tão legais quanto preocupantes. Se você tem uma piscina, primeiramente deve tratar a água para que esteja adequada para banho. Quando não estiver usando-a, cubra a piscina com uma rede, já que as lonas formam poças e podem causar afogamento. Colocar uma cerca protetora ao redor da piscina também é uma boa opção, assim dificulta o acesso dos pequenos. Além disso, em áreas de lazer também são necessários alguns cuidados. Verifique se não existem azulejos soltos, e procure colocar pisos antiderrapantes, para que a brincadeira não termine no pronto-socorro.

Digital Vision/Digital Vision/Getty Images

Jardim

Um ótimo lugar para as crianças aprenderem como plantar, cultivar a terra e como se alimentam as plantas, os jardins também devem receber alguns cuidados. Todas as ferramentas de jardinagem (e as da casa como um todo) devem ser guardadas longe do alcance das crianças ou em armários fechados, incluindo as terras que são compradas em sacos. Os sacos plásticos para lixeira também devem ser mantidos bem longe das mãozinhas infantis, pois podem causar sufocamento.

Visage/Stockbyte/Getty Images

Espaço para fazer exercícios

Caso sua casa tenha uma pequena academia de ginástica, é importante que esteja protegida contra acidentes, pois são muitos os aparelhos em que as crianças podem se machucar. Os pesos, até mesmo os mais leves, podem parecer inofensivos para você, mas um quilo de qualquer coisa que caia sobre uma criança pode causar ferimentos graves. É necessário, então, que estejam fora do alcance das crianças. Máquinas que precisam ser ligadas para seu funcionamento, como a esteira, devem permanecer desligadas da tomada quando estão fora de uso. Jamais deixe uma criança circular nesse ambiente sem a supervisão atenta de um adulto.