Objetivos dos sistemas de aterramento em usinas de energia elétrica

Escrito por joshua liu | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Objetivos dos sistemas de aterramento em usinas de energia elétrica
Os sistemas de aterramento aumentam a segurança das usinas de energia elétrica (Comstock/Comstock/Getty Images)

Um sistema de aterramento ajuda a controlar o potencial elétrico dos condutores em relação à superfície da Terra. Nas usinas, esses sistemas são muito importantes no controle das oscilações de tensão durante a geração de energia, usando a Terra como um dos fios de tensão da rede. O estado potencial neutro da Terra impede a conclusão de um circuito perigoso, garantindo assim a segurança do local.

Outras pessoas estão lendo

Proteção contra raios

Existem várias fontes de eletricidade fora da usina, sendo a principal responsabilidade de um sistema de aterramento combater os efeitos da queda de raios. Quando um raio atinge a usina, uma enorme onda de energia elétrica flui através do sistema e eleva a tensão a níveis perigosamente elevados. Quando isso acontece, o aterramento absorve a maior parte desse aumento e reduz a tensão para níveis normais.

Melhora da segurança

Outro objetivo de um sistema de aterramento é aumentar a segurança dos trabalhadores da usina, uma vez que ela utiliza um sistema metálico, sendo portanto o choque elétrico um perigo comum para os funcionários. Um choque elétrico ocorre quando uma pessoa toca um fio de tensão e em um outro fio ou pedaço de metal, podendo até ser fatal. Os sistemas de aterramento reduzem os choques, pois neutralizam os fios. Ao utilizar a Terra como aterramento, esses sistemas aumentam os regulamentos de segurança das usinas geradoras de energia.

Sistemas de resistência

Os sistemas de aterramento das usinas diferem na utilização dos de resistência em relação ao dos sólidos. Sistemas terra de baixa e alta resistência limitam a quantidade de corrente elétrica que viaja através do sistema, sendo vantajoso porque reduz os riscos de arco-voltaico e danos associados com as falhas. Os sistemas de resistência buscam melhorar os padrões de segurança existente nas usinas, reduzindo o estresse e os perigos dentro de circuitos danificados.

Proteção contra sobrecorrente

Os sistemas de aterramento também fornecem uma rede de segurança em caso de mau funcionamento ou danos do equipamento. Por exemplo, picos de voltagem ou contato acidental com linhas de alta tensão geram uma distribuição excessiva ao longo dos fios do sistema. Sem aterramento, a alta tensão danifica os componentes do sistema e causam mais problemas de funcionamento. Esses sistemas fornecem um caminho alternativo em torno de todo o sistema elétrico, dissipando o excesso de tensão de forma segura. Em última análise, eles mantêm os protocolos de segurança das usinas adequados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível