Mais
×

Relaxe: ser mãe pode ser mais fácil do que parece

Sua vida está repleta de suficientes preocupações reais. Mas deixe de lado os exageros.
AlukardS/iStock/Getty Images

Introdução

Se você é como a maioria das mães, deve estar em contato e alerta permanente com os perigos que podem ameaçar seus filhos. Desde os predadores da internet aos alimentos geneticamente modificados, parece que os riscos se escondem em cada esquina e essa insegurança é o suficiente para fazer com que mães tranquilas se tornem paranoicas. A boa notícia é que existem coisas que você não precisa se preocupar na hora de criar seus filhos. Viu só que notícia reconfortante? Confira!

É perfeitamente OK para o seu filho para pular uma refeição de vez em quando
Getty Images

O clube do prato limpo

A sabedoria tradicional diz que as crianças devem comer, comer e comer! E devem deixar os pratos limpos na hora do jantar. Se seu filho é saudável e não tem problemas com alimentos ou falta de peso, os especialistas dizem que é melhor deixar que eles mesmos regulem o quanto comem. É de se esperar que esta liberdade termine com muitas batalhas na hora das refeições e pode ser muito estressante para vocês dois. A conclusão é: se seu filho não tem fome, ele não vai sentir fome durante a noite.

Impor horários para as brincadeiras é bom, mas evite forçar a barra
Jack Hollingsworth/Photodisc/Getty Images

Brincadeira NÃO tem hora!

Outro pesadelo dos pais modernos é o "dia das brincadeiras". Evite forçar e planejar compromissos incontáveis para que seus filhos possam brincar com outras crianças. Eles fazem amigos, se adaptam à escola e, se quiserem convidar um amigo para passar a tarde em casa de vez em quando, legal! Mas não precisa planejar compromissos todos os dias da semana com a esperança de que eles sejam mais sociáveis ou aceitos pelos colegas.

Não encare um boletim negativo como uma tragédia
michaelquirk/iStock/Getty Images

Evite a ansiedade sobre as notas

Não se preocupe se seu filho não está tirando as notas ideais no colégio. Os períodos de avaliação são relativamente curtos e professores podem ainda não ter a quantidade de informações necessárias para avaliar seu filho. Se as notas dele estão abaixo da média, pergunte ao professor o que você pode fazer para ajudar com as atividades escolares em casa. Não faça disso um motivo de briga, siga em frente!

Um pouco de lama não vai doer, e pode realmente ajudar o sistema imunológico
Comstock/Comstock/Getty Images

Deixe que ele se suje

Deixe seus filhos se sujarem enquanto brincam. É por este motivo que existe a hora do banho. Uma pesquisa sugere que as crianças poderiam ficar doentes mais frequentemente em ambientes antissépticos. A conclusão é: as bactérias que não morrem tornam-se mais fortes e o organismo fica mais forte. Para as crianças pequenas, fazer bagunça ajuda a entender e descobrir a física do mundo. As mães não têm porque perder a cabeça com a limpeza obsessiva.

Às vezes, um banho não vale a pena lutar.
Bojan Sokolovic/iStock/Getty Images

Fugiu do banho? Relaxe!

Se seu filho não está completamente sujo, você não precisa perder o controle. De vez em quando, ele pode passar uma noite sem tomar banho. Algumas crianças gostam de tomar banho à noite para deitarem relaxadas, mas para outras, tomar banho é uma batalha constante. Seja paciente. O estresse proporcionado por um banho forçado quando a criança não está suja não vale muito a pena.

Uma guloseima de vez em quando não faz mal para ninguém
Visage/Stockbyte/Getty Images

Você pode quebrar as regras

A ideia de que as refeições devem seguir regras rígidas está um pouco desatualizada. Por mais que não seja ideal para os hábitos diários, às vezes, você pode quebrar as regras e permitir que seu filho coma algo que goste antes do almoço ou do jantar. Desde que seu filho sempre se alimente bem, um lanche antes da refeição não vai fazer mal.

Uma palavra de mau gosto não é o fim do mundo
Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images

Vocabulário

A cultura popular está cheia de palavras, presentes em programas televisivos e músicas, que você preferiria que seu filho não escutasse. Nesse caso, o melhor é relaxar! Seus filhos, inevitavelmente, vão escutar essas palavras. Explique que há alguns termos que não devem ser ditos por crianças. Se vocês escutarem os palavrões juntos, identifique-os e siga em frente. Se seu filho falar besteiras, vale lembrar a criança de que este tipo de vocabulário não é aceitável. Mas, se você perder o controle, as palavras feias vão chamar ainda mais a atenção da criança e poderão ser aprendidas com mais facilidade. É isso o que você quer?

Canções pop não vão causar danos permanantes
Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

A música pop não vai estragar seus filhos

Mesmo sabendo que as letras dos grupos da moda possam envergonhá-la, provavelmente pré-adolescentes vão cantar essas músicas incansavelmente. É possível que não prestem atenção na mensagem sexual de algumas delas. Se as reações forem exageradas, é recomendável proibir as crianças de escutarem músicas com essas mensagens. Antes disso, lembre-se que o proibido é sempre mais atraente.