Como perdoar uma traição familiar

Escrito por carola finch | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como perdoar uma traição familiar
A traição familiar tem um impacto emocional enorme na pessoa que foi ferida (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Quando um membro da família lhe trai, você pode sentir o coração partido, irritado, molestado, triste e confuso. Quando você chegar ao ponto de ser incapaz de aceitar a traição, você pode começar o processo de perdão para com o membro da família pelo que ele fez. O perdão é uma escolha consciente de deixar de lado o ressentimento, a raiva e o desejo de vingança contra o membro da família que te machucou. Quando essas emoções negativas são liberadas, o perdão pode levar a uma melhor saúde física e emocional e uma relação restaurada com o traidor, se você assim desejar.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Analise a traição e determine se você tem alguma responsabilidade na situação. Esta abordagem irá ajudá-lo a entender seus sentimentos e identificar as percepções equivocadas sobre o comportamento do membro da família. Reconheça suas falhas e erros.

  2. 2

    Sinta compaixão por si mesmo e pela pessoa que te traiu. Compaixão para com você mesmo irá ajudá-lo a curar-se do trauma da traição, tendo o foco em seus erros e sentimentos negativos e se concentrando nos aspectos mais positivos da sua vida.

  3. 3

    Retenha a pessoa da família responsável pelas ações que ferem e te traiu e não minimize ou negue o impacto emocional da traição. Sua decisão de perdoar não é desculpa para o comportamento do membro da família. A traição será sempre uma parte de sua vida, mas os efeitos diminuirão ao longo do tempo.

  4. 4

    Motive-se a perdoar, incidindo sobre a sua necessidade de curar ao invés de ajudar a outra pessoa. Veja o perdão como uma forma de libertar-se do ressentimento e da dor emocional. Pense sobre os benefícios positivos do perdão como menos estresse, diminuição da pressão arterial, redução da hostilidade, menor risco de abuso de substâncias e bem-estar psicológico em geral, com menos sintomas de ansiedade ou depressão.

  5. 5

    Combata a resistência pessoal de perdoar com a ação, como escrevendo em um jornal, fazendo uma oração ou praticando meditação. Converse com um amigo, conselheiro ou membro da família imparcial sobre a traição. Lembre-se dos momentos em que você machucou outras pessoas e foi perdoado.

  6. 6

    Decida se você pode conciliar ou interagir com o membro da família que te traiu. Respeite a decisão que tomou. Se a pessoa que te traiu não está na sua família imediata, espera-se que você possa se encontrar com o membro da família em ocasiões especiais e encontros familiares. Você pode optar por participar e experimentar constrangimento e emoções intensas ou não ir.

  7. 7

    Veja a traição familiar como uma oportunidade para aprender coisas novas sobre si mesmo e sobre a vida. Pare de pensar em si mesmo como uma vítima.

Dicas & Advertências

  • Não conserve os sentimentos sobre a traição, ou você pode ficar oprimido pela amargura e rancor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível