Perguntas para fazer ao seu médico no terceiro trimestre de gestação

Escrito por justyna p | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Perguntas para fazer ao seu médico no terceiro trimestre de gestação
O terceiro trimestre pode ser desafiador para uma mulher grávida (pregnant woman image by Frenk_Danielle Kaufmann from Fotolia.com)

O terceiro trimestre é a parte mais desafiadora da gestação. O tamanho e o peso do bebê já são consideráveis e, por isso, a mulher pode sentir desconforto, fadiga, dor nas costas e desordens do sono, para citar alguns problemas. Ela pode ficar apreensiva com a aproximação rápida do trabalho de parto e preocupada com a sua saúde e a do bebê. Além disso, ela pode ficar apreensiva sobre como conseguirá lidar e cuidar de um recém-nascido. Portanto, é importante que a grávida se sinta suficientemente confortável com seu médico para fazer perguntas.

Outras pessoas estão lendo

A grávida

A mulher grávida pode se sentir apreensiva com o crescimento rápido de sua barriga e perguntar ao médico sobre o ganho de peso saudável e rotinas seguras de exercícios. A dor nas costas é comum nesse estágio, por isso, a mulher poderá questionar as maneiras de controlar a dor e perguntar se massagem ou reflexologia são boas opções. Algumas grávidas sofrem de insônia, caso em que devem perguntar sobre as formas de adormecer naturalmente. O corpo da mulher já está começando a se preparar para o trabalho de parto e, por esse motivo, é comum que experimente as contrações de Braxton Hicks (contrações "práticas" desenvolvidas para direcionar a cabeça do bebê para a pélvis e preparar para o parto). Quem realiza esse procedimento deve perguntar como diferenciar entre o processo real e o fictício e quando é hora de ir para o hospital. Outras perguntas podem ser: "É seguro ter relações sexuais?" ou "Quanto corrimento vaginal é considerado normal?" ou ainda "Posso tomar banhos frios para reduzir a transpiração?"

O bebê

Com o parto iminente, a mulher grávida pode ficar preocupada com sua saúde e a do bebê. Procurar por respostas às seguintes questões pode diminuir o nervosismo: "O bebê está se desenvolvendo normalmente?" "Ele está no tamanho normal?" "O bebê está na posição correta?". Uma futura mamãe também pode perguntar sobre os testes que deve fazer para garantir o desenvolvimento normal do filho, especialmente se ela tem corrimentos frequentes ou sangramento. É importante relatar o histórico familiar de diabetes e anemia e perguntar ao médico se são necessários os testes para essas condições a fim de assegurar a saúde do bebê. Um exame de estreptococos grupo B precisa ser feito nesse estágio. Mulheres com resultado positivo devem tomar antibióticos para evitar que o feto de seja infectado no nascimento.

Trabalho de parto próximo

Em alguns casos, o bebê pode não nascer na data esperada. Uma futura mãe deve pedir ao médico para que monitore a saúde do filho e garanta que o tempo a mais seja normal. Com o parto se aproximando rapidamente, a mulher pode querer perguntar sobre os diferentes tipos de procedimento, como parto na água ou sem o uso de anestesia. Algumas podem ficar tensas com o controle da dor e perguntar sobre os analgésicos mais seguros e quão efetivos eles são. As grávidas que desejarem uma anestesia epidural devem questionar em que ponto do parto podem decidir por ela e quando será muito tarde.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível