Os perigos da taurina

Escrito por shelley moore | Traduzido por wanderson andrade
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Os perigos da taurina
A taurina é encontrada nas bebidas energéticas (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A taurina, um aminoácido localizado no tecido muscular e nervoso, é um ingrediente comum das bebidas energéticas. Ela é categorizada como um aminoácido não essencial, pois geralmente o corpo produz toda a taurina que necessita. Às vezes, porém, um indivíduo pode precisar de taurina extra, como durante o exercício extenuante ou enquanto se recupera de uma lesão ou doença. Nos estudos não foram encontrados quaisquer efeitos secundários significativos em quantidades normais, mas a taurina pode causar alguns perigos ao interagir com certos medicamentos.

Outras pessoas estão lendo

Considerações

Uma vez que a taurina pode diminuir a glicose, o colesterol e a pressão arterial sanguínea, as pessoa em uso de medicações para esses distúrbios devem conversar com o médico antes de tomar suplementos desse aminoácido.

Anticoagulantes

A taurina tem propriedades anticoagulantes. Por isso, antes de tomar medicamentos para afinar o sangue, o indivíduo também deve conversar com o médico se pensar em tomar suplementos de taurina.

Condições específicas

Os médicos aconselham que qualquer pessoa com distúrbios convulsivos e com transtorno bipolar evite suplementos com taurina.

Álcool

Consumir uma bebida energética e álcool, dentro de um curto período de tempo, pode causar desidratação significativa, uma vez que ambos são diuréticos.

O ácido gástrico

A taurina estimula a produção de ácido no estômago, de modo que o consumo em grandes quantidades pode aumentar o risco de úlceras estomacais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível