Os perigos das tintas com pó de alumínio

Escrito por tom becker | Traduzido por max ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os perigos das tintas com pó de alumínio
O alumínio é um elemento puro, ou seja, não é fundido com outros metais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Um dos metais mais leves e comuns, o alumínio, possui vários usos, de partes de aviões a brinquedos de criança. Algumas tintas usam pó de alumínio para alcançar vários níveis de opacidade e brilho. Como muitos elementos, o alumínio pode apresentar possíveis riscos para a saúde e a segurança, quando manuseado de forma inadequada. Conhecer esses riscos poderá ajudá-lo a utilizar a tinta de maneira mais segura e eficaz.

Outras pessoas estão lendo

Inflamável

Pó de alumínio pega fogo facilmente, às vezes tão rápido a ponto de causar uma explosão. Alguns pesquisadores afirmam que o desastre do dirigível Hinderburg se iniciou por causa de uma tinta com pó de alumínio. Sua teoria é de que a tinta que cobria o interior do dirigível continha pó de alumínio, que descascou-se e interagiu com a eletricidade estática, que, por sua vez, acendeu o alumínio e o lugar logo estava em chamas. Esse perigo existe principalmente quando se mistura pó de alumínio puro na tinta ou em casos em que a tinta com pó de alumínio entre em contato com faíscas elétricas ou fogo.

Ingestão

O pó de alumínio tem relativamente pouca toxicidade quando ingerido e pode não apresentar efeitos significativos. Em maior quantidade, pode causar uma variedade de pequenas irritações à saúde. Sua ingestão pode algumas vezes causar também formação de cloreto de alumínio no trato digestivo, o que pode resultar em náusea, vômito e outros problemas gastrointestinais, mas geralmente apenas em casos extremos.

Inalação

A inalação do pó de alumínio apresenta um perigo mais iminente do que a ingestão. O efeito imediato é a irritação do sistema respiratório, que pode incluir tosse ou dificuldade de respirar. Casos mais graves podem exigir respiração artificial ou administração de oxigênio. A exposição crônica, por inalação, do pó de alumínio pode levar a fibrose pulmonar e dormência nos dedos. Pessoas com doenças respiratórias pré-existentes podem ter reações especialmente agudas.

Irritante

Apesar de o pó de alumínio ter pouco efeito tóxico, por sua consistência mais dura e natureza específica pode afetar seriamente sua pele e seus olhos. Essas áreas podem apresentar vermelhidão, irritação e dor. Evitar o contato delas com o pó durante o processo de mistura pode reduzir significativamente o potencial de irritação. Se esse contato ocorrer, no entanto, você pode lavá-las com pouco ou nenhum efeito tóxico como resultado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível