Pílulas de romã e a menopausa

Escrito por chelsea fitzgerald | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pílulas de romã e a menopausa
A menopausa não deve ser considerada o fim de sua vida: ela deve ser encarada como a liberdade dos períodos menstruais para as próximas décadas (becosky's: flickr)

A menopausa pode ser uma época depressiva e difícil de lidar para algumas mulheres, mas esta fase de sua vida não tem de ser cansativa, desconfortável ou desanimadora. Novas descobertas são feitas todos os dias no tratamento dos sintomas para este processo de envelhecimento natural. As estatísticas mostram que os americanos, em particular as mulheres, estão vivendo mais do que nunca. De acordo com o estudo realizado pela HCFA Medicaid, uma mulher de 50 anos de idade no ano de 2009 tem uma expectativa de vida de 80 anos. Portanto, a menopausa não deve ser considerada o fim de sua vida; ela deve ser encarada como a liberdade dos períodos menstruais para as próximas décadas. Os médicos podem ajudá-lo com sugestões e uma dieta saudável desempenha um papel de destaque no alívio de certos desconfortos. Os comprimidos ou cápsulas de romã foram encontradas para auxiliar na diminuição de muitos dos sintomas da menopausa.

Outras pessoas estão lendo

História

A maioria de nós já ouviu falar do comercial de TV exaltando as virtudes de "cinco por dia", promovendo os benefícios para a saúde de comer, pelo menos, frutas e vegetais por dia. Embora todos eles são benéficos para a sua saúde, alguns foram isolados como super alimentos. A romã, também conhecida como a maçã chinesa, é um desses frutos.

Significado

Romãs são conhecidos por conter polifenóis antioxidantes, fitoestrogênios naturais; ácidos ascórbico, cítrico, fumárico e málico, aminoácidos, e vitaminas B e C. Um estudo em 2009 da UCLA chamou o suco de romã de o suco mais saudável. Este centro nutritivo do fruto contém bastante de cada tipo de antioxidantes conhecidos e tem sido provado ser eficaz na redução dos riscos de contrair doenças cardíacas, câncer de mama ou de próstata.

Função

Como pode uma fruta simples ajudar com os sintomas da menopausa? Estudos mostram que o fruto da romã, o suco e os comprimidos ou cápsulas de suplementos ajudam a manter a saúde hormonal das mulheres em equilíbrio, pois contém compostos de estrogênio raramente vistos que regulam os hormônios. Não só esses estudos mostram uma diminuição das ondas de calor, eles também pretendem ajudar na libido, diminuir a ocorrência de oscilações de humor e ajudar a manter a densidade óssea.

Equívocos

Os suplementos alimentares não estão regulamentados pela Food and Drug Administration. Por esta razão, você não deve embarcar a tomar a pílula de romã sem consultar o seu médico. A maioria dos fabricantes da pílula ou cápsula de romã aconselha tomar de 2 a 4 comprimidos diariamente. Tenha em mente que o fruto da romã tem bastantes propriedades da toranja e há medicamentos que não podem ser tomados em combinação com ela, por isso é aconselhável se informar com seu médico ou farmacêutico antes.

Potencial

Devido ao fato de que vários estudos trouxeram a romã para o topo da maioria das listas de super alimentos, muitos mais estudos estão sendo conduzidos em descobrir mais sobre esta fruta suculenta e ácida. Até agora, a soja tem sido muitas vezes apontada como uma espada de dois gumes pois, apesar de útil com os sintomas da menopausa em algumas mulheres, ela também pode aumentar o risco de desenvolver câncer de mama. As pílulas da romã pode ser apenas a resposta que as mulheres na menopausa têm pedido.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível