Qual era a planta de maior importância para a cultura maia

Escrito por alane michaelson | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual era a planta de maior importância para a cultura maia
Os maias acreditavam ter sido criados a partir do milho (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

A antiga civilização maia alcançou seu apogeu em torno do século X, se espalhando pelos territórios que hoje conhecemos como México e a América Central. Eles são famosos por suas habilidades para a construção de pirâmides, pelo conhecimento de matemática e astronomia. Apesar de o império maia ter terminado por volta do século XV, cerca de 4,5 milhões de descendentes deste povo ainda vive na América Central quando da publicação deste artigo. Os antigos maias cultivavam muitas lavouras, como o feijão, abobrinhas e pimentões, mais o milho ocupava um lugar de destaque na sua cultura.

Outras pessoas estão lendo

A origem do mito do milho

Os antigos maias acreditavam que o milho havia sido escondido da humanidade sob uma montanha ou uma rocha muito grande e que somente as formigas tinham acesso aos grãos. Conta o mito que a existência do milho fora revelada aos maias por animais, mas não é possível precisar a espécie do animal que fizera a revelação, já que há várias versões do mito. Os maias foram até os deuses pedir ajuda para conseguir retirar o milho para seu uso. Então, o deus Chaac envia um pica-pau para ajudar o homem a retirar o milho da montanha.

O milho na religião

O milho tinha um significado religioso muito forte para os maias. Acreditava-se que os deuses haviam criado o homem a partir da farinha de milho e do sangue dos deuses, fazendo deles, literalmente, filhos do milho. O deus maia que representava o milho era retratado como um jovem de cabelos lisos, assim como o do milho. Era retratado também como um deus indefeso contra ataques de pássaros, insetos e demais criaturas. Isto simbolizava a natureza frágil do milho, uma planta que depende totalmente da civilização humana para sua reprodução.

Nutrição

O milho produzia mais do que qualquer outra plantação na civilização maia e foi um alimento de primeira necessidade para membros de todas as classes e castas. O milho ainda corresponde por mais de 70% da alimentação consumida em comunidades modernas de ascendência maia. O milho é uma boa fonte de carboidratos e proporcionou para aquele povo uma dieta nutricionalmente completa quando combinado com outros alimentos maias como o feijão, a abobrinha e o pimentão.

O milho nos tempos modernos

O milho continua sendo uma cultura importante para os descendentes do povo maia, assim como o é para a maior parte do mundo. Nos Estados Unidos, a área plantada de milho foi superior a 320 km² em 2010. Enquanto parte desse milho é consumida diretamente como alimento, a maioria é usada para alimentar gado. Uma parte é utilizada para produzir xarope, amido, óleo e etanol combustível. 20% do milho plantado nos EUA são destinados à exportação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível