Eu posso salvar minha plantação de pepino depois de atingida pelo míldio?

Escrito por carrie terry | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
Eu posso salvar minha plantação de pepino depois de atingida pelo míldio?
Os pepinos necessitam de luz forte para uma frutificação saudável (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os pepinos são plantas de verão exuberantes, de vinha e arbustivas. Crescem rápido até a maturidade e produzem diversas colheitas durante a estação. Além disso, precisam de um solo rico, fértil e cheio de água, e por isso podem ser presas de doenças que gostam de nutrientes e umidade, como o míldio. Salve os seus pepinos com os cuidados certos, e siga alguns passos para prevenir esses surtos no futuro.

Míldio

O míldio nasce dos esporos do Erysiphe cichoracearum fungus. Os seus sintomas incluem o amarelamento, a tortuosidade, o esfarelamento e a morte das folhas, apesar de muitas das folhas e caules adquirirem uma aparência esbranquiçada antes de morrerem. Os esporos do fungo podem desfolhar plantas inteiras e reduzir os campos de frutas e vegetais.

Tratamentos

Trate o míldio com sprays de fungicida para diminuir a disseminação. A Universidade da Califórnia, no Davis' UC IPM Online, recomenda os fungicidas comerciais, os óleos horticulturais, de nim e jojoba, os fungicidas biológicos e os sprays sulfúricos. Retire a folhagem infectada e jogue fora, para proteger seu jardim.

Prevenção

Previna-se de surtos futuros de míldio para uma plantação de mais sucesso. Comece novos jardins com um solo novo e fresco para eliminar os esporos do míldio. O Vegetable MD Online da Universidade de Cornell afirma que as variedades de pepino mais comerciais mostram resistência a essa doença. Plante essas espécies resistentes ao míldio em um espaço correto e expostas ao sol para aumentar a circulação de ar quente. Passe o fungicida em jardins propensos à doença durante a estação, e previna assim os surtos.

Cuidados com o pepino

A plantação correta e o cuidado produzem plantas de pepino saudáveis e resistentes, que sobreviverão ao míldio melhor do que as plantas fracas e doentes. Coloque os pepinos no sol, e use compostos orgânicos e fertilizantes 5-10-10 na plantação. Use estacas para não deixar que as plantas encostem-se ao chão, e deixe-as sempre expostas ao sol e ao ar fresco. Dê aos pepinos um espaço entre 60 e 90 cm de ar, sol e crescimento. Molhe-os em suas bases com 5 cm de água por semana, e não fertilize demais.