Procedimentos da AWS para soldagem em tubulações de ligas metálicas

Escrito por herb kirchhoff | Traduzido por philipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Procedimentos da AWS para soldagem em tubulações de ligas metálicas
Soldar canos de ligas de aço requer técnicas especiais (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

A soldagem moderna de tubulações em liga de aço industrial requer um alto grau de proficiência nos procedimentos. Estes métodos são ditados pelas características únicas das ligas de aço com níquel, cromo, molibdênio, cobalto e cobre. De acordo com a Sociedade Americana de Solda (AWS), estas ligas transferem o calor com menos eficiência e seus pontos de solda fundidos são menos liquefeitos do que o do aço carbono tradicional. Mas se um soldador segue os procedimentos sugeridos pela AWS, ele será bem sucedido na soldagem de tubos de liga de aço.

Outras pessoas estão lendo

Trabalhe devagar

A primeira regra em soldagem de tubos de liga de aço é ir devagar. Mover-se rapidamente produzirá a fusão incompleta do metal. Você não pode compensar velocidade aumentando a corrente de soldagem, pois você vai queimar o metal ao invés de soldá-lo. Antes de soldar, sele as extremidades dos tubos e mantenha o interior preenchido com um gás inerte como o argônio ou o hélio. Você também deverá proteger o arco de solda com um fluxo de um gás inerte de seu soldador. O gás inerte por dentro e por fora vai manter o oxigênio afastado da solda. Se houver contato do oxigênio com a solda fundida haverá a formação de óxidos que produzirão um conjunto fraco. Um dispositivo chamado de lente de gás concentra o fluxo de gás de proteção em torno de 3 mm da haste de soldadura da liga.

Soldagem de corrente contínua

Você solda ligas de aço usando um soldador de corrente contínua com o fio de solda como o polo negativo. Antes de iniciar a soldagem, verifique se a vareta de solda está limpa com solvente e seque-a completamente antes de usar. Chanfre a junta para formar uma fenda em V de ângulo aberto e limpe as superfícies articulares com solvente para remover todos os vestígios de sujeira, graxa, óleo e produtos químicos. Uma solda suja será fraca. O espaço entre as seções de tubo deverá ser apenas um pouco maior do que o diâmetro da vareta de solda.

Unindo as peças

Quando soldar ligas, é necessário manter o arco tão curto quanto possível - apenas um pouco mais distante do que 3 mm - para produzir uma associação bem definida do metal fundido. Um arco que é demasiado distante fará com que o calor se dissipe do ponto de fusão para o metal circundante, enfraquecendo a solda. Soldadores muitas vezes têm de assumir posições incômodas para conseguir ver o arco e manter a distância adequada.

Arco vertical

Quando você soldar a junção de uma tubulação, mantenha o seu soldador quase perpendicular ao ponto de solda, inclinando apenas o suficiente para ver a solda. Se você angular o soldador em mais de 15 graus do arco, você vai direcionar o calor para longe da solda e pode pré-aquecer a vareta de solda a ponto de derretê-la antes que ela chegue à junta a ser soldada. Se você tiver feito tudo certo, irá obter uma solda que é contínua, ligeiramente convexa e solidamente fundida em ambos os lados da junta. Quando terminada a soldagem, quebre o arco, mas mantenha o gás de proteção fluindo sobre a solda por cerca de 10 segundos até que se esfrie.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível