Procedimentos e etiqueta para cerimônias de casamento

Escrito por margaret morris | Traduzido por lígia monteiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Procedimentos e etiqueta para cerimônias de casamento
Uma cerimônia que marcará os seus convidados (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Sua cerimônia é a parte mais bela e comovente do seu dia de casamento. Se você se familiarizar com a forma como a cerimônia é realizada e planejar a ordem de entrada e saída dos padrinhos, poderá apresentar uma imagem impressionante para seus convidados.

Outras pessoas estão lendo

O básico

Se a sua cerimônia for realizada em uma igreja, templo ou qualquer outro lugar de culto, o padre, rabino, pastor ou outro oficiante irá aconselhá-lo quanto aos procedimentos adequados. Se estiver em um salão de recepção, que será usado como um local da cerimônia, o gerente ou assessoria será capaz de ajudá-lo com perguntas sobre vestiários, áreas de espera, colocação de músicos, sistema de endereço público ou quaisquer outros problemas de localização relacionados. Seu oficiante irá responder às suas perguntas sobre tudo o que acontece durante a cerimônia em si.

Se você tem uma assessoria de casamento, ela vai estar no seu ensaio para deixar todos em posição e para aconselhá-lo sobre a ordem processional e o timing. O oficiante conduzirá a parte cerimonial do ensaio, relembrando a ordem dos elementos da cerimônia, fazendo um pequeno ensaio de seus votos, garantindo que o padrinho saiba quando deve entregar os anéis para o noivo e que a noiva e o noivo saibam quando descer do altar juntos.

Se você não tem uma assessoria de casamento, é uma boa ideia pedir a um amigo ou parente de confiança para ajudá-lo no local da cerimônia. Certifique-se de que as madrinhas, damas de honra, floristas e pajens estejam em seus lugares no início da cerimônia e que o noivo e padrinhos entrem suas deixas, uma vez que esses detalhes você não vai querer deixar ao acaso. Se você não tem cerimonialistas, ainda vai precisar ter uma pessoa para dar as entradas aos músicos ou iniciar a música gravada, ajudar os seus convidados com algo que possam precisar e assegurar que a noiva e o noivo têm os anéis e estão ambos prontos para seguir.

O processional

O noivo e os padrinhos costumam entrar na cerimônia primeiro. O noivo toma o seu lugar e os padrinhos ficam ao lado dele na ordem em que irão sair, do primeiro ao último. As madrinhas entram por trás ou pelo fim de qualquer corredor criado para a ocasião, na ordem inversa em que sairão. Por exemplo, se Sally será a última madrinha a sair, ela caminhará pelo corredor em primeiro lugar e ficará o mais distante de onde a noiva estiver. A dama de honra segue as madrinhas e toma seu lugar ao lado de onde a noiva vai ficar. Ela é seguida pela(s) florista(s) e pelo pajem.

A noiva, é claro, entra por último. Como regra, a música que foi tocada para os padrinhos entrarem é interrompida e se inicia a música de entrada da noiva, que entrará pela nave. Ela pode estar acompanhada por ambos os pais ou por um deles, um familiar ou amigo, bem como pode entrar sozinha.

Essa ordem de entrada pode variar dependendo se você quer incluir tradições religiosas em seu casamento. Se seu oficiante pertence a uma fé ou denominação particular, consulte-o sobre a ordem processional tradicional.

A cerimônia

Quando a noiva chega até o noivo, e seu pai, mãe ou outro familiar a está "entregando", o oficiante faz a pergunta, a pessoa que a entrega responde e entrega a mão da noiva para o noivo. A pessoa, então, se senta. Se a noiva escolher não ser "entregue", simplesmente a pessoa que a acompanha se senta e a noiva se junta ao noivo, depois de dar o buquê para sua dama de honra.

Durante a cerimônia, o casal deve estar de frente um para o outro. Eles podem segurar as mãos ou apenas permanecer com os braços relaxados ao longo do corpo. A maioria dos noivos naturalmente procura pelas mãos uns dos outros durante esses momentos emocionantes. O oficiante conduzirá a cerimônia e, na hora certa, irá ditar os votos para que os noivos os repitam. Se você preferir, você pode memorizar seus votos, mas tenha certeza que seu oficiante tem uma cópia deles. Esse é um momento muito esperado e é muito comum as noivas e noivos gaguejarem durante os votos. Isso não distrai da beleza da cerimônia; na verdade, acrescenta um toque de charme. Mas você preferirá ter algum incentivo para ter certeza que dirá as palavras que escolheu tão cuidadosamente.

Quando chegar a hora de trocar as alianças, o oficiante pedirá a um padrinho, se necessário, e ele vai dará as alianças para o noivo. O noivo guarda a aliança da noiva lhe dá a sua. Enquanto repetem os votos das alianças, seguem as instruções do oficiante para colocar as alianças em seus dedos.

O recessional

Depois que o casal foi declarado marido e mulher, com aclamações e aplausos, a dama de honra devolve o buquê para a noiva, ela pega o braço do noivo, a música começa e eles andam juntos até o final da nave. A dama de honra pega o braço do padrinho e eles esperam até que os noivos cheguem ao fim do corredor e, então, saem. Cada casal de padrinhos do casamento, em seguida, faz o mesmo.

As floristas e pajens geralmente ficam sentados durante a cerimônia, uma vez que são muito novos para ficarem parados e em silêncio durante o processo. Eles podem sair com o resto dos padrinhos ou não, como quiserem.

Se o casal optou por realizar os cumprimentos no local, eles esperarão na parte de trás da igreja ou área de cerimônia e cumprimentam seus convidados, um por um, enquanto eles deixam seus assentos. Se é um casamento grande, apenas algumas palavras são necessárias para que a fila continue andando. Se é um casamento pequeno, o casal pode conversar mais com cada convidado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível