O processo de produção de tecido de algodão

Escrito por joanne thomas | Traduzido por yumi fujiwara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O processo de produção de tecido de algodão
Planta do algodão (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Cultivo de Algodão

O algodão é cultivado em todo o mundo, mas as nações de maior cultivo de algodão são China, Índia, Estados Unidos, Brasil e Paquistão. Depois que as flores da planta do algodão florescem, elas caem e uma vagem verde redonda chamada de cápsula do algodão permanece. Esta cápsula, amadurece ao sol e as suas fibras de celulose expandem e explodem para fora da cápsula. Neste ponto, a planta de algodão está pronta para ser colhida.

Colheita do algodão

O algodão costumava ser colhido com as mãos, mas hoje o processo é feito mecanicamente. Pode ser feito com uma máquina que torce a cápsula de algodão ou com a que extrai a cápsula inteira da planta. As cápsulas colhidas são embaladas em grandes fardos e transportadas para a fiação de algodão.

Descaroçamento do algodão

As cápsulas de algodão são processadas ​​em um descaroçador, que remove as sementes e vagens das fibras. Este limpa e seca o algodão cru, removendo todos os detritos e passando-o por uma série de pentes. Os pentes também escovam as fibras retas, alinhando-as. Esta fibra é prensada em grandes fardos, sendo estes classificados por avaliadores de algodão profissionais de acordo com o comprimento do grampo, cor e limpeza, que são fatores que afetam o valor. A fibra normalmente é vendida e enviada para uma fábrica têxtil para ser transformada em tecido.

Fiação do algodão

Quando fardos de fibra chegam à tecelagem, eles são limpos mais uma vez por uma máquina que funde as fibras. Estas então, são classificadas por comprimento, pois apenas as fibras de algodão mais longas são adequadas para a fiação em fio. As fibras curtas são separadas e enviadas para outros lugares, como a produção de papel e de outros produtos. As mais longas são processadas ​​por uma máquina de cardar, que penteia e alinha as fibras em uma corda longa macia, chamada fita. A fita, é levada para uma estrutura de fiação para ser transformada em fio. A máquina remove fibras individuais de algodão da fita, torcendo-as com movimento de rotação rápida, em um fio fino. Esses fios individuais são geralmente fiados juntamente com um ou mais fios para a produção de um fio mais forte.

Tecelagem de algodão

Fios de algodão são levados para o tear para serem tecidos. O tear detém um conjunto de linhas esticadas verticalmente, que são chamadas de os fios da urdidura. As linhas horizontais, ou trama, são mantidas em bobinas que, por sua vez, são mantidas pela lançadeira. Os fios de urdidura são levantados em uma sequência para criar um intervalo, através do qual passa a lançadeira com os fios de trama. O movimento de alta velocidade do tear levanta e abaixa os fios de urdidura, enquanto os fios de trama são entrelaçados pela lançadeira, formando um pano de algodão plano. Existem diferentes tipos de tecelagem que são geradas pelo levantar e abaixar dos fios da urdidura em diferentes sequências. A trama varia pelo seu padrão, tensão, o número de fios por centímetro de tecido, cores e espessuras dos diferentes fios utilizados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível