Quais são as causas da perda de audição?

Escrito por s. herlihy | Traduzido por ricardo schweitzer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as causas da perda de audição?
A capacidade de captar sons pode ser prejudicada por diversos motivos (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

A audição é a habilidade de perceber sons. Seres humanos podem perder a capacidade de identificar sons por diversos motivos, incluindo doenças e envelhecimento. A perda auditiva pode variar desde uma pequena deficiência para detectar alguns sons em certos decibéis até a total inabilidade de escutar.

Outras pessoas estão lendo

Perda auditiva congênita

A perda auditiva congênita se refere à perda que possui origem genética. Algumas outras doenças podem causar a perda auditiva graças à anormalidades nos cromossomos. Alguns exemplos de doenças que causam a perda auditiva congênita incluem a síndrome Treacher-Collins, síndrome de Alport, síndrome de Down e síndrome Crouzon. Muitas dessas condições médicas também causam outras anormalidades como problemas renais, desfiguração craniana e perda de visão. As correções para a perda auditiva congênita variam de uma simples bandana condutiva usada na cabeça para substituir deformações na formação da orelha até implantes cocleares para corrigir a surdez total.

Prematuridade

Bebês prematuros também sofrem risco de perda auditiva. De acordo com um estudo realizado pelos doutores David E. Trachtenbarg e Thomas B. Goleman na primeira edição do mês de maio da revista American Family Physician (Médico da Família Americana, em tradução livre), aproximadamente 5% dos bebês nascidos antes de 32 semanas possuem uma perda significativa na capacidade auditiva ao atingir os 5 anos de idade. Todos os bebês são examinados procurando deficiências auditivas para que qualquer problema potencial possa ser corrigido no início do desenvolvimento com terapia intensa e auxílio de dispositivos tecnológicos, como equipamentos auditivos.

Infecções

Infecções auditivas, também conhecidas como otites, ocorrem depois da inflamação do ouvido médio como um resultado do acúmulo de fluidos. Infecções auditivas são comuns entre crianças e a maioria é inofensiva. Porém, infecções graves envolvendo o ouvido interno e a recorrência de infecções podem causar danos a longo prazo em crianças. As crianças são mais sujeitas à infecções auditivas porque seus tubos de Eustáquio são menores e mais estreitos que os de adultos. As infecções auditivas podem causar danos aos ossos no ouvido médio e prejudicar sua capacidade de captação e transmissão de som. A perda auditiva pode ser temporária ou permanente após diversas infecções.

Medicações

Altas doses de algumas medicações também podem causar perda auditiva. Remédios que danificam o sistema auditivo são chamados de drogas ototóxicas, e nessa categoria se encontram a aspirina, drogas quimioterápicas, diuréticos e alguns antibióticos. Muitas vezes, as pessoas não tem escolha além de gerenciar o risco da perda auditiva com os riscos de outras doenças, como o câncer.

Envelhecimento

A medida que as pessoas envelhecem, a habilidade de captar sons vai ficando comprometida. Esse processo pode se iniciar aos 20 anos de idade. A perda auditiva relacionada ao envelhecimento é chamada de presbiacusia e é uma condição comum, normalmente identificada aos 50 anos de idade. Perda auditiva causada pela idade avançada pode ser tratada com dispositivos de auxílio auditivo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível