Mais
×

Quais são as diferenças entre gimnospermas e samambaias?

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As pteridófitas, incluindo as samambaias, estão entre as plantas mais antigas da Terra. As gimnospermas seguem perto na linha do tempo histórico, e logo depois vêm as gimnospermas relativamente modernas. Apesar das gimnospermas e samambaias possuírem algumas similaridades, as diferenças são muito maiores.

As gimnospermas e samambaias podem crescer lado a lado (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Eras

Entre as gimnospermas incluem-se pinheiros, abetos, ginkgo (Ginkgo biloba), cicas e outras plantas que não florescem, mas produzem semente. Essas eram as maiores plantas da Era Mesozoica (de 225 a 60 milhões de anos atrás). As pterodófitas, incluindo as samambaias dominavam a Terra a 300 milhões de anos atrás, durante o início da Era Carbonífera.

Samambaias enormes ainda existem, mas a maioria só são conhecidas por fosseis (huge fern tree silhouette image by kubais from Fotolia.com)

Estruturas

"Gimnosperma" significa "semente nua". A família dessa planta produz sementes que não estão rodeadas por frutos, são desencapadas e, muitas vezes, seguradas por cones. As samambaias, em contraste, não produzem sementes. Nenhuma delas produzem flores. A maioria das samambaias são plantas de clima frio e não formam troncos de madeira. As gimnospermas são geralmente plantas de clima frio intenso, persistentes e com troncos de madeira, ainda que algumas espécies, como o cipreste, soltem suas folhas no outono.

Geralmente, as gimnospermas são mais altas que árvores samambaias gigantes (bald cypress image by FFprod66 from Fotolia.com)

Reprodução

As samambaias não possuem estruturas masculinas e femininas separadas na planta progenitora, e não tem gênero específico. Ao invés disso, um esporo cresce em uma planta pequena e independente chamada de prótalo, que produz as estruturas masculinas e femininas e morre depois que o embrião da samambaia aparece. Por outro lado, as gimnospermas têm estruturas separadas e especializadas e produzem tanto pólen quanto óvulos. Muitas gimnospermas individuais, como os ginkgo, são tanto machos quanto fêmeas.

Um cone de um pinheiro fêmea espera por um pólen trazido pelo vento (pine cone image by Svetlana Tikhonova from Fotolia.com)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article