Quais são os três tipos principais de trompetes

Escrito por gus stephens | Traduzido por luisa menin
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os três tipos principais de trompetes
Os três trompetes que veremos aqui produzem os mais diversos estilos musicais (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

O trompete é um instrumento de sopro, composto por um único tubo de metal com válvulas que são manipuladas com os dedos e terminando em uma boca de sino. O som do trompete é o resultado entre o formato dos lábios no bocal, a pressão do ar e a operação das válvulas. Dos instrumentos de sopro, o trompete é o que tem o registro mais agudo. Existem diversas subcategorias de trompetes, mas a música contemporânea utiliza basicamente os três principais que mostraremos aqui.

Trompete em si bemol

O trompete em si bemol é o mais comum entre os gêneros musicais contemporâneos. Ele tem três válvulas e a afinação varia de Fá até o Dó médio, o que proporciona a esse instrumento a versatilidade para músicas que vão do jazz ao clássico.

Trompete em dó

O trompete em dó é um instrumento utilizado em grandes orquestras. Ele apresenta três válvulas, é um pouco menor que o trompete em si bemol e produz um som incrível quando combinado com o trompete anterior. Os trompetistas mais jovens geralmente começam com o instrumento em si bemol, evoluindo posteriormente para o trompete em dó.

Trompete piccolo

Com apenas metade do tamanho do tubo em relação ao trompete em si bemol, o trompete piccolo é uma versão pequena dos trompetes. Ele têm quatro válvulas e geralmente são afinados em Lá ou Si bemol. Quando tocado em registros mais agudos, ele produz um som mais brilhante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível