Qual a quantidade de cafeína em uma xícara de café?

Escrito por steve repsys | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Todos os dias, milhões de pessoas consumem café para começar o dia. De acordo com o sítio eletrônico DidYouKnow.org/coffee, quatro dentre cinco pessoas ao redor do mundo bebem café, o que o torna o estimulante mais popular do planeta. Esse artigo visa examinar a quantidade de cafeína encontrada em uma xícara de café.

Outras pessoas estão lendo

O que é cafeína?

A cafeína, conhecida cientificamente como trimetilxantina, é um alcalóide que também atua como droga psicoativa e estimulante para o sistema nervoso central. Ela é encontrada naturalmente em diversas plantas, mas também pode ser produzida sinteticamente. O termo "cafeína" deriva da palavra alemã "kaffee" e da francesa "café", ambas traduzidas para o português como "café". Quando consumida, ela é absorvida em até 45 minutos e seus efeitos desaparecem após três horas.

Qual a quantidade de cafeína encontrada no café?

Relatórios do sítio eletrônico MedicineNet.com indicam que uma xícara de 230ml de café contém, aproximadamente, de 95 a 135 miligramas de cafeína. Uma xícara de café solúvel preparado possui 135 miligramas, enquanto a mesma quantidade de café instantâneo possui 95 miligramas da substância. Mesmo o café descafeinado contém cafeína, cerca de 5 miligramas em uma xícara. Já o café espresso possui de 30 a 50 miligramas.

Consumo de cafeína

O consumo diário de 130 a 300 miligramas de cafeína é considerado de baixo a moderado, conforme o MedicineNet.com. Qualquer valor acima de 600 miligramas por dia é considerado excessivo. Em média, uma pessoa consome 280 miligramas de cafeína diariamente.

Efeitos do excesso de cafeína

Beba de duas a quatro xícaras de café por dia sem culpa. No entanto, os especialistas americanos da Mayo Clinic afirmam que o consumo moderado de cafeína (de quatro a sete xícaras de café por dia) pode apresentar alguns efeitos a longo prazo. Eles incluem: insônia, irritabilidade, ansiedade, mau humor, dores de cabeça e batimentos cardíacos acelerados. Alguns medicamentos e suplementos fitoterápicos apresentam efeitos negativos quando ingeridos com cafeína. Certos antibióticos, como norfloxacina, podem prolongar a permanência da substância estimulante no corpo. A efedrina, um suplemento alimentar fitoterápico, quando consumida com a cafeína, pode aumentar as chances de doenças coronárias e convulsões e levar à morte.

Reduzindo o consumo de cafeína

Algumas medidas podem ser adotadas se você deseja reduzir seu consumo de cafeína. No entanto, a redução deve ser feita gradualmente, uma vez que a abstinência pode causar dores de cabeça e, em alguns casos, até vômito. Registre a quantidade de café que você ingere. Tente reduzir sua dose diária para apenas meia xícara. Outra possibilidade é trocar para o descafeinado, que possui gosto similar ao cafeinado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível