Razões para pupilas pequenas

Escrito por caryn anderson Google | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões para pupilas pequenas
Compressão da pupila (oeil d'enfant image by Thierry GUIMBERT from Fotolia.com)

O olho humano tem aproximadamente o tamanho de uma bola de pingue-pongue e é constituído por vários componentes, incluindo a pupila, que dilata e contrai para controlar a quantidade de luz que entra no olho. Normalmente, a pupila contrai-se em resposta à luz e dilata-se em condições de luz fraca para permitir mais claridade no olho. Uma compressão contínua da pupila pode indicar uma condição médica subjacente, como a Síndrome de Horner, o uso de drogas ou uveíte anterior. As pupilas também se tornam menores com a idade.

Outras pessoas estão lendo

Síndrome de Horner

A Síndrome de Horner é uma condição rara caracterizada pelos danos aos nervos simpáticos nos alhos e na face. Normalmente, ela afeta um lado da face ou um olho. Os sintomas incluem um tamanho pequeno da pupila no olho afetado, ptose (pálpebra superior caída) e uma diminuição da transpiração em um lado do rosto. A Síndrome de Horner é causada por um problema médico subjacente, como um cisto na medula espinhal, um rasgo no revestimento da artéria carótida, lesão da medula espinhal, derrame, dor de cabeça agrupada, ou enxaqueca, ou um tumor. O tratamento varia de acordo com a causa subjacente da condição.

Uso de drogas

As pupilas pequenas podem indicar uso de drogas. Todos os medicamentos como benzodiazepinas, opioides e barbitúricos causam a compressão da pupila. Os opioides incluem medicamentos prescritos, como a morfina e a heroína, uma droga ilegal. Alguns sinais de uso de opioides incluem pupilas pequenas, perda de peso, movimentos lentos e alterações de humor. As benzodiazepinas são comumente prescritas para aliviar a ansiedade. Os barbitúricos, também chamados de tranquilizadores ou sedativos, são prescritos para induzir o sono. Alguns sintomas do uso dos barbitúricos ou das benzodiazepinas incluem pupilas pequenas, sonolência, fala arrastada e confusão.

Uveíte anterior

A uveíte anterior afeta a parte frontal do olho. Ela pode ser causada por uma doença do olho ou uma complicação de outras condições médicas, como câncer, rubéola, doenças inflamatórias ou artrite reumatoide. Ela também pode ser causada por um trauma no olho. Sem tratamento, a condição pode causar danos irreparáveis e a perda da visão. De acordo com a Associação Americana de Optometria, os sintomas da uveíte anterior incluem a compressão da pupila, inflamação e dor no olho. O tratamento dura de vários dias a várias semanas e consiste de medicamento anti-inflamatório e colírios prescritos para dilatar as pupilas.

Envelhecimento

Muitos idosos necessitam de luz adicional. Isso é principalmente devido ao efeito do processo de envelhecimento nos olhos. Esse processo resulta na diminuição do tamanho da pupila; o que, por sua vez, resulta em menos luz atingindo a retina de uma pessoa idosa. De acordo com o site The Eye Digest, o olho de uma pessoa comum de 20 anos de idade recebe cerca de seis vezes mais luz do que uma de 80 anos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível