×
Loading ...

Regras para evitar erros de pontuação

Atualizado em 17 abril, 2017

Regras de pontuação são um desafio até para o mais experiente dos escritores, mas saber algumas orientações simples podem ajudar a evitar alguns dos erros mais comuns. Usar a pontuação correta em sua escrita, seja correspondência pessoal, trabalhos acadêmicos ou comunicados de negócios, ajuda a garantir que suas mensagens são claras e profissionais.

Aplicar as regras de pontuação para evitar erros em sua escrita aumenta a legibilidade e claridade e melhora sua imagem profissional (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Vírgulas

Vírgulas têm funções múltiplas. Deve-se usar vírgulas para separar itens em uma enumeração. Você também deve usar uma vírgula para separar o lugar antes de uma data (São Paulo, 12 de abril de 2011). Vírgulas também seguem frases e cláusulas introdutórias (Depois da tempestade,) e pode participar de orações independentes, se seguida de conjunção adversativa (Ela estava com fome, mas não queria comer imediatamente). Apostos e vocativos também vêm acompanhado de vírgulas.

Loading...

Pontuações finais

Pontos finais, pontos de interrogação e exclamação são pontuações finais, indicando o fim de uma frase. Se uma frase é uma declaração (declarativa), a pontuação é um ponto final. Se é uma pergunta (interrogativa), é seguida de um ponto de interrogação. Se a frase não é uma pergunta e exige uma ênfase (imperativa), pode-se encerrá-la com uma exclamação. Evite usar pontos de exclamação em escritas acadêmicas e empresariais formais, a não ser que esteja parabenizando alguém.

Ponto-e-vírgula e dois pontos

O ponto-e-vírgula conecta duas cláusulas independentes. Quando duas frases estão intimamente relacionadas, use um ponto-e-vírgula para conectá-las e para seu texto fluir melhor. Deve-se usar ponto-e-vírgula para separar itens que já possuem vírgulas. Por exemplo: Ele visitou Veneza, Itália; Toledo, Espanha; e Estocolmo, Suécia. Use dois pontos para preceder uma lista ou exemplo.

Apóstrofo

O apóstrofo indica uma supressão de letras, como cobra d'água (cobra de água) e Sant'Ana (Santa Ana). Ele não deve ser usado como forma de plural para siglas ou acrônimos. Por exemplo: não se deve escrever CD's, mas apenas CD ou CDs.

Aspas

Aspas diferenciam um diálogo do texto regular. Por exemplo: Ela disse: "Lembre-se de estudar o capítulo três". As aspas também devem ser usadas em títulos de artigos, poemas e outros trabalhos curtos. Por exemplo: "Fire and Ice" é um dos poemas mais famosos de Robert Frost. As aspas também podem indicar uma ironia verbal no discurso. Por exemplo: Sua "refeição gourmet" foi intragável.

Hifens e travessões

Use os hifens para ligar palavras compostas (anti-inflamatório, pré-história). Travessões são maiores que hifens e sugerem uma interrupção na escrita, podem ser usados para substituir os parênteses. Por exemplo: A casa — embora velha — estava inteira.

Parênteses e reticências

Os parênteses devem ser usados para inserir informações adicionais que não são estruturalmente centrais na frase. Por exemplo: O filme (uma comédia) recebeu boas críticas. Reticências podem indicar citações incompletas, hesitação na fala ou uma interrupção em ação ou pensamento. Por exemplo: "Deitado eternamente em berço esplêndido..."

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...